Itinerância

Museu do Futebol de SP será montado no Recife

Parte do acervo multimidia será exposta no Cais no Sertão

Bruno Albertim
Bruno Albertim
Publicado em 07/04/2018 às 17:12
Divulgação
Parte do acervo multimidia será exposta no Cais no Sertão - FOTO: Divulgação
Leitura:

Com impressionante rigor histórico-sociológico, o Museu do Futebol de São Paulo conta como esse esporte da elite branca inglesa se tornou mestiçamente popular e traço distintivo dos padrões culturais brasileiros. Com 15 salas, 1.500 imagens e cinco horas de vídeos em espaços multimídia sensoriais e interativos, a instituição que é um dos mais bem sucedidos exemplos da interação entre arte e franca diversão comemora seus dez anos de atuação com a itinerância de parte de seu acervo pelo Brasil. A partir do 25 de abril, um extrato do museu aporta no Cais do Sertão, Recife Antigo.

“Como o acervo do museu, formado basicamente por imagens e fotos, permite reprodução, essa itinerância é possível com o funcionamento em paralelo”, diz Daniela Daniela Alfonsi, diretora de conteúdo do Museu do Futebol que, com patrocínio de R$ 2 milhões por meio da Lei Rouanet através da empresa de telefonia Motorola, viabliza a itinerância.

Segundo os organizadores, a exposição itinerante é composta por oito módulos. Seis deles são extratos originais do museu, dois foram montados exclusivamente com conteúdo pernambucano. “Esse conteúdo local vai estar no meio da experiência, na sala das origens. Vamos levar fotos do final do século 19 e começo do século, para mostrar como era a sociedade pernambucana na época da chegada do futebol ao Brasil. Para relacionar a história do futebol com a da sociedade, mostramos também imagens do carnaval, dos frevos relacionados a futebol, a história do Santa Cruz, do Sport e do Náutico”, diz a diretora.

No Recife, a mostra “Museu do Futebol na Área”, conta com 440 m². Na Sala Números e Curiosidades, composta por placas ilustradas por frases famosas, regras e recordes do esporte, recebe nessa edição do projeto uma vitrine especial para expor objetos e narrar fatos marcantes do futebol em cada uma das cidades. Ídolos dos clubes pernambucanos, bem como personalidades da literatura e música estarão representados na exposição a partir das suas relações com o futebol.

COPA

A Sala das Copas do Mundo reconta os mundiais, de 1930 ao fatídico 7 a 1 de 2014. A Sala dos Gols e do Rádio relembra dezenas de gols e locuções que marcaram época. Interativa, o visitante escolhe o narrador ou o radialista e assiste a vídeos presentes nas salas de mesmo nome no Museu do Futebol. A exposição ainda conta com uma instalação chamada Versus, criada especialmente para esse projeto pelo artista multimídia Tadeu Jungle. A experiência consiste em acompanhar uma partida inteira somente observando os torcedores, acompanhando reações e capturando a emoção contida em um jogo. Em “Museu do Futebol na Área”, o público também terá a chance de experimentar algumas das atrações interativas propostas pelo museu, como mesas de futebol de botão, totó (pebolim) e um campo com uma bola virtual. No Recife, a exposição fica em cartaz até dia 20 de maio, sempre com entrada gratuita.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias