CINEMA

Gabriel e a Montanha ganha dois prêmios na Semana da Crítica

Filme de Felippe Barbosa foi o único longa brasileiro no Festival de Cannes 2017

Ernesto Barros
Ernesto Barros
Publicado em 25/05/2017 às 16:56
Pedro Sotero/Divulgação
Filme de Felippe Barbosa foi o único longa brasileiro no Festival de Cannes 2017 - Pedro Sotero/Divulgação
Leitura:

Gabriel e a Montanha, de Felippe Barbosa, ganhou dois prêmios da Semana da Crítica, a mostra paralela em que foi exibido no Festival de Cannes 2017, na tarde desta quinta-feira: O prêmio da Fondation Gan pour le Cinéma para distribuição e o France 4 Award Visionary.  

O filme conta a história do econoMista carioca Gabriel Buchmann, que passou um ano viajando pela Ásia, Oriente Médio e África, para ver de perto a condição de pobreza da população de 26 países por onde andou. A uma semana antes de voltar para o Brasil, ele subiu a Montanha Moulange, no Malaui, mas se perdeu na descida e morreu.  João Pedro Zappa interpreta Gabriel, enquanto Caroline Abras faz a namorada dele, Cristina, que também esteve na África.

NESPRESSO

O Grande Prêmio Nespresso foi para Makala, de Emamanuel Grass. O Prêmio SACD (do sindicato dos trabalhadores do audiovisual) ficou Léa Mysius, a roteirista do longa Ava.

Dois curtas-metragens também foram premiados: o Prêmio Canal + foi para Najpieknijsze Fajerwerki Ever, de Aleksandra Terpinska.  O Prêmio Leica Cine Discovery Prize ficou com Los Desheredados, de Laura Ferrés.

Este ano, o Júri da Semana da Crítica foi presidido pelo cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho e composto por Diana Bustamante Escobar, Hania Mroué, Niels Schneider e Eric Kohn.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias