CINEMA

Mostra, no Recife, reconta a história do cinema espanhol

Exposição e exibição de filmes acontecem a partir desta segunda-feira (7), na Fundação Joaquim Nabuco, no Derby

Mateus Araújo
Mateus Araújo
Publicado em 07/05/2012 às 6:04
Foto: Divulgação
Exposição e exibição de filmes acontecem a partir desta segunda-feira (7), na Fundação Joaquim Nabuco, no Derby - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Mais de 100 anos já se passaram desde os primeiros registros cinematográficos produzidos na Espanha - quando, por exemplo, a família Jimeno transformava em documentário o cotidiano da sociedade local de 1986. Um cinema cuja história é marcada por ousadias, inovações, descobertas e mudanças, e que será recontada no Recife, a partir desta segunda-feira (7) até o final do mês, através da mostra Cine espanhol – uma crônica visual, na Fundação Joaquim Nabuco, no Derby.

Em uma exposição que reúne 80 fotografias, em preto e branco e coloridas, 20 cartazes e um vídeo, com cenas e personagens do universo cinematográfico da Espanha, a mostra mergulha nas várias etapas da cronologia da produção do País. O material exposto compõe também o livro homônimo, cuja curadoria é do cineasta Jesus Garcia Dueñas.

Confira, abaixo, o trailer do filme Três dias com a família, de Mar Coll

Nesta segunda (7), na abertura, às 19h, o catedrático de história do cinema na Faculdade de Ciência da Comunicação da Universidade de Santiago de Compostela, na Galícia, José Luiz Castro da Paz, fala sobre a cronologia e a história do cinema hispânico. Além da exposição, a mostra conta ainda com projeção de seis clássicos da cinematografia da Espanha (veja lista de filmes abaixo), que acontece desta segunda-feira (7) até quarta (9).

Toda a programação é gratuita. A exposição fotográfica fica em cartaz até o dia 31, das 9h às 20h.

Segunda-feira (7)

19h30 - Bem-vindo Mr. Marshall, de García Berlanga

21h10 - Embaixo das estrelas, de Félix Viscarret.

    Terça-feira (8)

    18h30 - Morte de um ciclista, de diretor Juan Antonio Bardem,

    20h20 - Azul escuro quase preto, de Daniel Sánchez Arévalo.

      Quarta-feira (9)

      18h40 - Calle Mayor, também de Juan Antonio Bardem,

      20h40 - Três dias com a família, de Mar Coll.

        Leia a matéria completa no Jornal do Commercio desta segunda-feira (7)

        O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

        Apoie o JC

        Últimas notícias