prata da casa

O som ao redor é aplaudido em sua estreia em casa

Primeiro longa de ficção de Kleber Mendonça Filho abriu o Vivo Open Air no Recife

Marcelo Pereira
Marcelo Pereira
Publicado em 28/11/2012 às 23:54
Marcelo Pereira
Primeiro longa de ficção de Kleber Mendonça Filho abriu o Vivo Open Air no Recife - FOTO: Marcelo Pereira
Leitura:

Uma crônica de vizinhança de Setúbal, um bairro residencial pacato que aos poucos foi cedendo terreno para a especulação imobiliária e para a insegurança do Recife. O som ao redor, premiado primeiro longa-metragem de ficção do cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho teve ontem a sua primeira exibição pública no Recife, na abertura do Vivo Open Air.

Uma plateia atenta que lotou a arquibancada e as espreguiçadeiras de lona no espaço armado nas margens da Bacia do Pina, no Cais de Santa Rita, onde soprava uma brisa refrescante. A projeção do filme na supertela móvel do tamanho de uma quadra de tênis teve uma qualidade muito boa - só em alguns momentos a luminosidade externa influiu um pouco. O áudio também estava nítido, ressaltando o desenho de som de Kleber.

Coube ao próprio cineasta fazer uma breve apresentação do seu filme, com boa parte da equipe pernambucana que o realizou presente - entre atores e técnicos. Kleber segue a máxima do escritor russo Leon Tolstoi. A partir de sua aldeia - o quase bairro Setúbal, em Boa Viagem - ele tenta ser universal ao retratar situações cotidianas que vão desenhando seus personagens e o modo como encaram a vida. São histórias paralelas que dialogam e constroem um mosaico rumo a um desfecho inesperado. O filme foi aplaudido no início e no fim pelo público presente.

Antes de iniciar a projeção, o público aproveitou para curtir a bem montada infra-estrutura do Vivo Open Air, num espaço injustificadamente inutilizado até então, pertencente à Marinha. O espaço conta com bares vendendo bebidas, pizzas e cachorro quente, lounge para repouso. O DJ colocou um bom set de blues e música pop de bom gosto. Ponto para ele.

O Vivo Open Air segue hoje com a exibição do cult movie Pulp fiction, de Quentin Tarantino, com Uma Thurman e John Travolta, que estreou há 15 anos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias