CINEMA

Documentário revela etnia de Angola

Hereros será exibido numa mostra especial do Cine PE

Ernesto Barros
Ernesto Barros
Publicado em 26/04/2013 às 6:01
Sergio Guerra/Divulgação
Hereros será exibido numa mostra especial do Cine PE - FOTO: Sergio Guerra/Divulgação
Leitura:

 

Uma das mais fortes e resistentes etnias africanas, os Hereros entraram na vida do publicitário, fotógrafo e cineasta pernambucano Sérgio Guerra desde 1998. Radicado na Bahia a partir dos anos 1980, ele dividiu os últimos 15 anos de sua vida entre Salvador e Luanda, em Angola, onde mantém uma produtora com serviços prestados nos dois lados do Atlântico.

Nesses 15 anos de convívio, Sérgio visitou inúmeras vezes esse povo que vive no Sul de Angola, o que resultou em cinco livros publicados, uma exposição que está rodando o mundo e um documentário de longa-metragem. Hereros – Angola, que ele filmou entre 2009 e 2012, será exibido neste domingo (28/04) dentro da programação especial do Cine PE. 

“A proposta do filme é mostrar uma cultura milenar que sobrevive à modernização e tem muito a nos ensinar com seus valores de solidariedade, coletividade e agricultura familiar”, afirma.

A produção de Hereros – Angola envolveu 17 profissionais brasileiros e angolanos, que passaram 40 dias acompanhando os vários subgrupos da etnia, principalmente os que vivem nas províncias de Huíla e Namibe. De Pernambuco, Sérgio convidou o cineasta Marcelo Luna, codiretor de O rap do pequeno príncipe contra as almas sebosas, que fez o roteiro e a montagem do documentário, ao lado de Mariana Valença.

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira (26/04) no Caderno C, do Jornal do Commercio.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias