FESTIVAL

Estreias e clássicos no penúltimo dia do Janela Internacional de Cinema do Recife

Sessões especiais com "Uma passagem para Mário" e "O homem das multidões" estão entre as atrações do sábado (19/10)

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 19/10/2013 às 6:00
Leitura:
Entre os filmes exibidos nos dois últimos dias do 6º Janela Internacional de Cinema do Recife, neste sábado e domingo (19/10 e 20/10), estão os longas-metragens Uma passagem para Mário (PE, 2013), de Eric Laurence, e O homem das multidões (PE/MG, 2013), de Marcelo Gomes e Cao Guimarães. Um documentário e uma ficção que falam sobre as relações humanas, a amizade, os encontros da vida, e que são exibidos pela primeira vez no Recife neste sábado (19/10), em sessões especiais do festival no Cinema São Luiz.

O homem das multidões versa sobre a solidão na sociedade contemporânea, partindo da história de dois personagens que vivem em uma metrópole, Belo Horizonte. Juvenal (Paulo André) é maquinista. Margô (Silvia Lourenço) é controladora de fluxo do metrô e precisa encontrar alguém para ser seu padrinho de casamento.

"Queremos refletir sobre o processo de isolamento do indivíduo e da massificação das estruturas sociais. As relações perdem a naturalidade do olhar, do falar, do ouvir, ou seja, de tudo o que nos faz estabelecer contato com o outro. Nossos personagens são a incorporação radical desta sensação", definem Marcelo e Cao no texto sobre o filme.

AMIZADE

A noite de sessões especiais pernambucanas do Janela começa às 18h, com a exibição do primeira longa-metragem de Eric Laurence: Uma passagem para Mário. O filme é um convite para um mergulho na sensibilidade, largada nas armadilhas do cotidiano e do mundo pragmático. É também um chamado a uma imersão nos sentidos da amizade e da vida, entremeados por uma ameaça de morte.

No roteiro, dois amigos decidem partir do Recife rumo ao deserto de Atacama, no Chile, passando por cidades e paisagens da Bolívia. Só que um dos dois, Mário Duques, sofre de um câncer no fígado. Eric, o outro amigo da história e diretor do filme, se impressionou com a vitalidade de Mário, mesmo na condição adversa da doença. E então os dois encamparam juntos a ideia de começar um filme sobre Mário, enquanto planejavam a viagem.

O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
O homem das multidões -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -
Uma passagem para Mário -

O texto completo está no Caderno C deste sábado (19/10), no Jornal do Commercio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias