Aumento

Brasileiros foram mais ao cinema nas primeiras semanas de 2015

Segundo a Ancine, os números representam um crescimento de mais de 15% em relação aos 15,5 milhões de bilhetes comercializados em janeiro de 2014

Da ABr
Da ABr
Publicado em 13/02/2015 às 17:33
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Segundo a Ancine, os números representam um crescimento de mais de 15% em relação aos 15,5 milhões de bilhetes comercializados em janeiro de 2014 - FOTO: Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Leitura:

O mês de janeiro de 2015 registrou um recorde histórico no número de ingressos vendidos para as salas de cinema do país, de acordo com os dados divulgados hoje (13) pela Agência Nacional do Cinema (Ancine). O Observatório do Cinema e do Audiovisual (OCA), levantamento feito pela agência, apontou que nas primeiras cinco semanas do ano foram vendidos 17,9 milhões de ingressos, o melhor resultado na série histórica iniciada na década de 80.

Segundo a Ancine, os números representam um crescimento de mais de 15% em relação aos 15,5 milhões de bilhetes comercializados em janeiro de 2014. A arrecadação registrou um resultado ainda mais expressivo, de 22%, em parte devido a um pequeno aumento no preço médio do ingresso, subindo de R$ 189,1 milhões no primeiro mês de 2014 para R$ 232,2 milhões em janeiro deste ano.

O cinema brasileiro teve nesse período uma participação de 24,9% no número de ingressos vendidos – 4,4 milhões – e de 23,3% na arrecadação, em um total de R$ 54,1 milhões. Nas primeiras cinco semanas do ano foram lançados no mercado 28 títulos, sendo 22 estrangeiros e seis brasileiros. Entre as 20 maiores bilheterias estão três filmes nacionais e um deles – Loucas para casar – ocupa a terceira posição.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias