Separação

Brad Pitt busca acordo em divórcio com Angelina Jolie

Brad Pitt pretende evitar uma amarga disputa judicial com Angelina Jolie para não prejudicar seus filhos

AFP
AFP
Publicado em 21/10/2016 às 17:38
FOTO: Divulgação
Brad Pitt pretende evitar uma amarga disputa judicial com Angelina Jolie para não prejudicar seus filhos - FOTO: FOTO: Divulgação
Leitura:

Brad Pitt passou do tempo de responder ao pedido de divórcio de Angelina Jolie, procurando evitar uma amarga disputa judicial que poderia prejudicar seus filhos, noticiou a imprensa nesta sexta-feira (21).

O ator de 52 anos não apresentará uma resposta oficial, apesar de o prazo ter vencido na quinta-feira (20), até que os advogados do casal cheguem a um acordo sobre a custódia de seus seis filhos, indicaram os sites especializados Us Weekly e TMZ.

Pitt quer compartilhar com Jolie a guarda legal e física de seus filhos, e quer conseguir isto evitando a todo custo chegar aos tribunais, segundo o TMZ.

Os representantes do ator não responderam ainda os contatos feitos pela AFP para confirmar a história.

A CONFUSÃO

Jolie, de 41 anos, apresentou a solicitação do divórcio em 19 de setembro, alegando diferenças irreconciliáveis. A atriz quer a custódia permanente e exclusiva.

O ator viu seu filho mais velho Maddox, de 15 anos, nesta semana, pela primeira vez, desde o incidente que teria ocorrido em um avião particular que levava a família de férias na França em 14 de setembro e que teria desatado a separação.

O FBI informou que está coletando informações para decidir se abrirá uma investigação.

Não há uma versão oficial do que aconteceu na aeronave, mas vários meios de comunicação americanos falam que Pitt teria tido um acesso de raiva contra ao menos um de seus filhos.

O vencedor de um Oscar de "melhor filme" como produtor de 12 Anos de Escravidão" (2013) teria visitado os outros cinco filhos em 8 de outubro, mas Maddox teria se recusado a vê-lo.

A visita teria sido supervisionada por um terapeuta, como parte do acordo temporário do casal sobre a custódia, mediada pelo Departamento de Serviços à Infância e à Família de Los Angeles.

"Com os recursos que as partes têm, deveria ser possível que Brad continue tendo acesso às crianças mais novas, ainda que seja sob supervisão", disse à AFP Emily Pollock, sócia de um escritório de advocacia em Nova York.

O tempo que poderá passar com Maddox irá depender da severidade das acusações e da vontade do jovem de vê-lo, acrescentou a especialista.

Segundo o acordo temporário, Jolie tem a custódia física dos filhos - três deles, incluindo Maddox, são adotados - em uma casa alugada em Los Angeles.

"Brangelina", como o mundo se refere a esse popular casal, selaram a união na França há dois anos, mas já estavam juntos desde 2004.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias