Demissão

Dublador de 'Caco, o Sapo', está furioso com as demissões da Disney

Steve Whitmire, que dublou Caco durante 27 anos para a Disney, deu uma deu uma entrevista se queixando de sua demissão

AFP
AFP
Publicado em 18/07/2017 às 19:00
(Foto: Divulgação)
Steve Whitmire, que dublou Caco durante 27 anos para a Disney, deu uma deu uma entrevista se queixando de sua demissão - FOTO: (Foto: Divulgação)
Leitura:

O ator que dublou durante quase três décadas a voz de Kermit, mais conhecido como Caco, o Sapo, dos Muppets está furioso por ter sido demitido pela Disney.

Caco

Steve Whitmire, que dublou Caco durante 27 anos, deu uma deu uma entrevista ao jornal The New York Times se queixando de sua demissão.

O ator assumiu o papel em 1990, depois da morte de Jim Henson, o fundador dos Muppets e voz original de Caco, devido a uma pneumonia. Ele foi demitido em outubro passado.

"É o trabalho de minha vida. A única coisa que fiz em toda minha vida adulta, e eles me tiraram isso", declarou.

Whitmire diz que a Disney não fez qualquer advertência prévia à demissão. Também não está claro porque o artista levou nove meses para reclamar dos executivos.

A Disney, que comprou Os Muppets em 2004, apresentou  Whitmire como uma pessoa hostil em relação a seus companheiros de trabalho, que não respondia de forma responsável a certas situações profissionais e que estava dificultando as negociações contratuais.

"Havia preocupações sobre a repetida conduta empresarial inaceitável de Steve em um peíodo de muitos anos, e ele fracassou em responder ao feedback de maneira consistente", afirmou Debbie McClellan, chefe do Muppets Studio, ao jornal.

"A decisão de separação foi difícil e feita em consulta com a família Henson, que deu todo seu apoio", acrscentou.

Nem a Disney nem os Henson puderam ser contatos imediatmente para comentar a informacao.

Matt Vogel, um veterano marionetista de Henson, é a nova voz de Kermit.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias