AUDIOVISUAL

2º Festival de Cinema de Carpina exibe produções de cineastas pernambucanos

As produções serão exibidas no Shopping Carpina, até o próximo sábado (30)

JC Online
JC Online
Publicado em 27/11/2019 às 16:26
Notícia
Foto: Divulgação
As produções serão exibidas no Shopping Carpina, até o próximo sábado (30) - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Quatro longas-metragens nacionais e produções de diretores da Zona da Mata de Pernambuco serão exibidos durante esta semana no 2º Festival de Cinema de Carpina. A programação conta com filmes cujas tramas envolvem ação, romance, suspense e situações do cotidiano. 

As produções estão sendo exibidas no Shopping Carpina, até o próximo sábado (30). As primeiras sessões são voltadas para o público infantil, às 14h e às 17h. A terceira sessão é sempre às 19h.

Nesta quarta-feira (27), por exemplo, o público pode assistir a produção “Janelas” do diretor Lucas marques. A história narra que depois de 15 anos longe da fazenda que nasceu, Antônia (interpretada por Marina Azze), agora viúva e com duas filhas, decide retornar após receber uma carta de uma das empregadas, informando que sua mãe estava muito doente.

Também serão exibidos os curtas-metragens “O Lápis”, do diretor carpinense Cleyton Melo, o curta de animação do também diretor Carpinense Jefferson Batista e “O Covarde” de Felipe Ramos. Fazem ainda parte da programação dos longas-metragens as produções: “O Abajour”, “Rebento”, “Trajalho Sujo” e “Open Drive”. 

Sinopses

O “Abajour”, longa-metragem do diretor e roteirista Marcoz Gomez

O enredo conta a história de Guilherme, que conquista um padrão de vida invejável. Mora em um sofisticado apartamento no Leblon, bairro nobre da Zona Sul do Rio de Janeiro, namora a filha de um advogado conceituado e de bastante prestígio na sociedade carioca. Ele trabalha como "Abajour" um tipo de informante X9 da polícia corrupta do Rio e descobre que seu amigo de infância e viciado em drogas "Murilo", está endividado com um "agiota" barra pesada. Guilherme acaba se comovendo com o desespero do amigo e resolve ajudá-lo. A partir daí, os dois seguem em busca de uma solução, mas eles tem pouco tempo e muitos obstáculos a serem superados. 

“Rebento” escrito e dirigido pelo cineasta André Morais

O filme foi gravado no Sertão da Paraíba e já recebeu premiação internacional. A trama apresenta a história de uma mulher que comete um crime contra o filho recém- nascido e depois disso abandona a casa e a família em busca de um novo rumo para a sua vida. Não se sabe quem ela é, nem o porquê do crime. O mistério sobre ela é o que vai dar um caráter intimista a produção. 

“Trabalho Sujo” do cineasta Helio Martins Jr. Rafael

Um homem muito rico resolve contratar um assassino de aluguel para um serviço especial em troca de uma grande quantia de dinheiro. Mas, antes de receber seu pagamento e concluir o trabalho, o matador precisa ajudar seu cliente a cumprir três tarefas um tanto complicadas. 

Open Drive do diretor carpinense Cleyton Melo

O longa é o convidado para a solenidade de encerramento do evento, no sábado (30), que marca também a pré-estreia da produção. A trama apresenta a luta psicológica que um jovem enfrenta entre o bem e o mal e um homem inclinado a se redimir. Eles acabam se unindo por causa de um Pen Drive roubado com muitos segredos. Para incrementar o enredo surge o pastor Fernando. Uma história envolvente e marcada por muito suspense e emoção.

Programação Infantil

A programação conta com duas sessões para o público infantil no horário das 14h e 17h e está dentro da classificação indicativa. No período de 26 a 29 serão exibidos para as crianças os curtas metragens “Quando a chuva vem”? PE (Animação),  “Macaco albino” SP (Animação), “Pinos Mágicos Atacam” SP (Animação), “O Malabarista” GO (Animação), “Guri” ES, “O Filho da Mata” AM, “Arani Tempo Furioso” ES, “A menor Máscara” SP e “Carroça 21” SP.  

Após as exibições o projeto ambiental Reflorestando Carpina promove mini- palestras com informações sobre o lixo, a preservação, o respeito ao meio ambiente e a importância do plantio de árvores para as crianças. O grupo ainda realizará a distribuição de sementes.

Premiação

Durante o 2º Festival de Cinema de Carpina acontece uma competição de filmes de longas e curtas-metragens de vários lugares do Brasil, que disputarão a premiação nas categorias de melhor: ator, atriz, roteiro, direção, filme e fotografia. 

Os vencedores serão contemplados na cerimônia de encerramento, no sábado (30), com o troféu “O Carpinteiro”, confeccionado pelo artesão carpinense Miro dos Bonecos. Destaque para a da premiação exclusiva aos filmes produzidos na Zona da Mata Norte de Pernambuco. 

Estão indicados para a categoria de Melhor Filme, Fotografia e Roteiro os longas- metragens “O Abajour”,  “Janelas” e “Rebento”. Concorre ainda para a Melhor Direção André Morais (Rebento), Lucas Marques (Janelas) e Marcos Gomes (O Abajour);  Melhor Ator Alex Reis (O Abajour), Fernando Teixeira (Rebento) e Matheus Prestes (Trabalho Sujo) e a Melhor Atriz Ingrid Trigueiro (Rebento),  Zezita Matos (Rebento), Marina Azze (Janelas) e Vitória Raciane (Janelas).

Últimas notícias