TNT exibe Oscar 2017 ao vivo, Globo privilegia escolas de samba

Emissora brasileira vai gravar o evento no domingo e transmitir os melhores momentos na segunda-feira

Oscars/Reprodução
Emissora brasileira vai gravar o evento no domingo e transmitir os melhores momentos na segunda-feira - FOTO: Oscars/Reprodução

O canal por assinatura TNT transmite a cerimônia do Oscar 2017 ao vivo neste domingo (26/2), às 21h. O conteúdo será exibido pela TV e pela plataforma TNT Go, com opção de tradução simultânea. Como este ano o evento ocorre no domingo de Carnaval, a Globo optou por transmitir o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. A emissora, que era uma alternativa para brasileiros sem TV por assinatura em anos anteriores, mesmo começando sua programação um pouco mais tarde, vai exibir um programa no estilo "melhores momentos" apenas na segunda-feira (27/2). 

O Oscar 2017 terá como apresentador o comediante Jimmy Kimmel. Antes da cerimônia começar, Carol Ribeiro vai entrevistar artistas que passarem pelo tapete vermelho. A equipe do TNT também é formada por Domingas Person e Rubens Ewald Filho, que comentam a premiação direto de um estúdio. No YouTube, a partir das 20h30, o TNT Brasil fará uma transmissão ao vivo com moderação de Lully, do canal Lully de Verdade, e de Bruno Bock e Rolandinho, do canal Pipocando. 

A cerimônia é reprisada na segunda-feira (27/2), às 15h25. Confira os indicados ao Oscar 2017

GLOBO

O programa da Globo sobre o Oscar 2017 terá uma equipe formada por Artur Xexéo, Cristiane Pelajo e Miguel Falabella. Ele será exibido às 15h20, após o Especial Carnaval.

A jornalista Cristiane Pelajo estreia na função de apresentadora da transmissão da Globo. "Como sou jornalista e presto muita atenção nessas manifestações (políticas), acho que esse vai ser o grande diferencial desta cerimônia", pontuou ela na divulgação feita pela emissora.

"O Oscar é um assunto que me interessa profundamente. Minha ligação com ele é de público mesmo, sou um telespectador. E irei nessa linha, trazendo informações que interessem as pessoas em geral, falar sobre o que elas querem saber", afirma Miguel Falabella no mesmo material.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias