Porchat sobre a Record: 'Ainda estou com futuro indefinido'

Apresentador ainda quer conversar com a emissora até o fim do ano

Foto: Instagram/@fabioporchat/Reprodução
Apresentador ainda quer conversar com a emissora até o fim do ano - FOTO: Foto: Instagram/@fabioporchat/Reprodução

Fábio Porchat declara que ainda está com o futuro indefinido. Ele participou do programa Tricotando, da Rede TV!, nesta quinta-feira (25). No dia 22 de outubro, a assessoria de imprensa da Record TV confirmou a saída de Porchat do quadro de apresentadores, após quase dois anos e meio no ar. A emissora também informou na ocasião que "busca um outro projeto para o horário".

Agora, em entrevista a Franklin David, o humorista não descartou a possibilidade de continuar na emissora. "Ainda estou com futuro indefinido, não faço a menor ideia do que será meu ano que vem. Vou voltar a conversar com eles agora no final do ano, vamos ver como é que vai ser", afirmou Porchat. O contrato dele vai até dezembro.

SEM DESENTENDIMENTOS

O humorista desmentiu boatos de que houve desentendimento entre ele e a emissora por causa de convidados que gostaria de chamar para participar do programa. "A minha questão com a Record é outra. A gente está se conversando e se falando, então, as coisas entre mim e eles, a gente está falando super bem. Depois que eu falei isso, a gente já conversou algumas vezes", tentou explicar sem dizer o que o incomodava.

Fábio Porchat comemorou os resultados de sua produção. "O programa está funcionando, está dando certo, dando Ibope. Está engraçado, divertido e isso que é ótimo", avaliou.

Ele também falou sobre o carinho e admiração que tem por Jô Soares, destacando que ele "sedimentou o talk show no Brasil". No perfil oficial no Instagram, Porchat publicou uma foto em que aparece com Jô. "Meu jantar ontem foi em boa companhia", escreveu na legenda da foto, com direito a coração.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias