peculiaridades e perspectivas

Jornalista belga publica livro sobre o Brasil

O jornalista acrescentou ainda que seu desafio é descontruir os estereótipos para apresentar os aspectos políticos, econômicos e sociais do Brasil

Isabela Lemos
Isabela Lemos
Publicado em 04/10/2011 às 7:52
Leitura:

BRUXELAS – O Brasil, com suas peculiaridades e perspectivas, virou tema de livro que será lançado nesta terça (4) no 23º Europalia – o maior festival de cultura da Europa, cujo foco este ano é a cultura brasileira. O jornalista Lode Delputte, que fala português fluentemente, foi a várias cidades brasileiras exclusivamente para reunir material e escrever o livro. “O Brasil é um país encantador. É um lugar em desenvolvimento, que produz, e que o povo está presente”, definiu.

No livro Brasil Que Floresce, cujo título em holandês é Braziliananse Bloei, Delputte disse ter tentado mostrar o “caleidoscópio do Brasil”. Segundo ele, é necessário partir de clichês já estabelecidos sobre o Brasil, como o “país do futebol, do samba e do carnaval” para apresentar suas outras faces.

“Mostro no livro que no Brasil as pessoas têm projetos e não têm medo de executá-los. É a força do Brasil, que ao ser um grande país emergente democrático, tem de contar ainda com a aprovação do povo para levar adiante suas propostas”, disse Delputte. “Isso é maravilhoso porque é a democracia e o crescimento [desenvolvimento] juntos.”

O jornalista acrescentou que seu desafio é descontruir os estereótipos para apresentar os aspectos políticos, econômicos e sociais do Brasil. “Infelizmente a gente precisa de uma visão estereotipada para poder falar mais. Os clichês estão aí, mas acabam servindo para alguma coisa”, observou.

Delputte acompanhou a agenda da presidenta Dilma Rousseff nos dois dias em que ela está na Bélgica. Segundo ele, o objetivo é conseguir uma entrevista exclusiva com a presidenta. “Vou tentar. Não é fácil. Muitos aqui [na Bélgica e na Europa] querem o mesmo”, disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias