Retorno

Raimundo Carrero volta às oficinas literárias

Escritor pernambucano volta a ministrar oficina de literatura após AVC. As aulas começam nesta terça-feira (19).

Mateus Araújo
Mateus Araújo
Publicado em 19/06/2012 às 6:05
Leitura:

Aos 65 anos, o escrito Raimundo Carrero se mostra firme e recuperado do acidente vascular cerebral que sofreu em 2010. Voltando, aos poucos, ao seu trabalho, nesta terça-feira (19), o pernambucano retoma suas oficinas de literatura, na Academia Pernambucana de Letras. "Eu estou mais vivo do que nunca", afirma. As aula acontecem até dezembro, sempre às terças-feiras, das 15h às 16h.

Na oficina literária, o escritor se debruça sobre análises de obras de importantes autores nacionais e internacionais, desfiando os detalhes da artes da escrita. No trabalho a que se dedica há mais de 20 anos, Raimundo Carrero aborda pontos como o papel do narrador, a criação dos personagens, os diálogos e a montagem do texto.

O curso não tem restrição de idade, mas as vagas são limitadas a 20 pessoas. No primeiro encontro, hoje, é discutida a obra Caderno de ruminações, de Francisco Dantas. O programa traz ainda outras obras de autores consagrados, como Um copo de cólera, de Raduan Nassar, Os olhos da treva, de Gilvan Lemos, e Seria uma sombria noite secreta, do próprio Carrero – este último livro é o que fecha o programa de aulas.

PLANOS - Além de retomar às oficinas, Raimundo Carrero tem também outros planos para sua carreira, que pretende concretizá-los ainda neste ano. Até o final deste semestre, o escritor espera concluir o romance Ritual das paixão desse mundo, e entregá-lo para a editora Record. Além disso, Carrero deve concluir À véspera do sol, uma obra autobiográfica, sobre seu acidente vascular cerebral e a rotina de recuperação, e um livro de técnicas, chamado Testemunhas da solidão, dedicado aos leitores.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias