IMORTAL

Geraldo Carneiro é eleito para Academia Brasileira de Letras

O poeta e compositor passa a ocupar a cadeira 24 da instituição, que pertencia a Sábato Magaldi

JC Online
JC Online
Publicado em 27/10/2016 às 16:04
Antonio Guerreiro/Divulgação
O poeta e compositor passa a ocupar a cadeira 24 da instituição, que pertencia a Sábato Magaldi - FOTO: Antonio Guerreiro/Divulgação
Leitura:

O poeta e compositor mineiro Geraldo Carneiro foi eleito nesta quinta (27) para a cadeira de número 24 da Academia Brasileira de Letras (ABL). Ele passa a ocupar o lugar vago desde a morte do crítico teatral Sábato Magaldi, que faleceu em julho deste ano. 

Geraldo venceu o pleito com 33 votos. A cadeira 24 já foi ocupada por nomes como Garcia Redondo, Luís Guimarães Filho, Manuel Bandeira e Cyro dos Anjos. Ainda não há data ou informações sobre a posse do autor na ABL.

TRAJETÓRIA

O poeta já compôs em parceria com nomes como Egberto Gismonti, Astor Piazolla, Tom Jobim, Wagner Tiso e Francis Hime. Também trabalhou com roteiros na TV, musicais e peças. É autor dos livros de poemas Sete-Estrelo, Verão vagabundo, Piquenique em Xanadu, Pandemônio, Folias Metafísicas, Por Mares Nunca Dantes, Lira dos Cinquent’Anos e Balada do Impostor. Em prosa, escreveu Vinícius de Moraes: a Fala da Paixão e Leblon: a Crônica dos Anos Loucos, e também traduziu Shakespeare com Carlito Azevedo no volume Sonhos da Insônia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias