SANTO AMARO

Luna Vitrolina, Ezter Liu e Geisara Lima debatem literatura feminista neste sábado

As poetisas participam da abertura da programação de 2020 do espaço cultural Colofão.lab, de Fred Caju

Valentine Herold
Valentine Herold
Publicado em 24/01/2020 às 18:28
Foto: Renan Peixe/ Divulgação
As poetisas participam da abertura da programação de 2020 do espaço cultural Colofão.lab, de Fred Caju - FOTO: Foto: Renan Peixe/ Divulgação
Leitura:

As portas da casa amarela do Colofão.lab (Rua Tupinambás, 736, Santo Amaro) voltam a abrir neste sábado, após um curto recesso. O espaço - que reúne o ateliê da editora independente e artesanal Castanha Mecânica e a loja da Mostra de Publicações Independentes (MOPI) - dá início à programação de 2020 com o debate Literaturas & Feminismos Interseccionais, lançamento de livro e discotecagem com DJ Naia, a partir das 20h, com entrada gratuita.

As várias vertentes da vivência feminina e feminista são o ponto de partida deste primeiro dia de retomada de atividades. A roda de conversa tem participação das escritoras Ezter Liu, Geisiara Lima, Luna Vitrolira e mediação da professora, pesquisadora em literatura latino-americana e escritora Thays Albuquerque. "Todas essas autoras priorizam o sentir da mulher, a voz poética é feminina tanto na autoria quanto nos temas dos textos. Me chamou também atenção que várias perspectivas feministas estão presentes nas obras de Luna, Ezter e Geisiara, desconstruindo a perspectiva tradicional da supremacia masculina", explica Thays. "A proposta é de uma conversa em que abriremos espaço para os presentes, partindo da experiência de vida e das obras das escritoras."

Após o debate, Geisara Lima, poetisa da Zona da Mata pernambucana, lança seu primeiro livro, intitulado de Corpo em Chamas, que reúne 18 poemas e ilustrações, realizados entre 2014 e 2019. "Todos os poemas escolhidos para compor o livro possuem temas em comum, que é o do ser mulher nesse território rural. As inúmeras violências que sofremos nesse lugar ainda muito patriarcal, a dificuldade de fazer circular nosso trabalho artístico", explica a escritora.

As paisagens e as vivência de uma aérea por muito tempo dominada pela monocultura da cana-de-açúcar marca a vida de Geisara desde sempre. Nascida em Itambé, a poetisa mora atualmente em outra cidade da zona rural, Timbaúba. "Tudo isso me influenciou. Nesses lugares a mulher ainda é vista como a figura que fica em casa, que não tem a audácia de sair para divulgar seu trabalho em outras cidades." Além das poesias, desenhos seus de duas séries realizadas respectivamente em 2014 e em 2018 integram a obra.

Até o dia 15 de fevereiro, o Colofão.lab estará sempre aberto às terças e aos sábados, com exibições de documentários, rodas de leituras, lançamentos de livros e recitais."Na próxima terça-feira vamos exibir O Silêncio dos Homens, que fala sobre outras masculinidades possíveis, dando continuidade ao debate de gênero iniciado hoje", relata o editor da Castanha Mecânica e produtor do espaço, Fred Caju.

"Depois teremos ainda lançamentos de livros, conversas entre leitores, um evento com os vencedores do chamamento para publicações da Castanha Mecânica e, encerrando, já perto do Carnaval, vamos ter um sarau erótico guiado por Flávia Gomes, Renata Santana e Silvana Menezes. Depois disso vamos nos organizar para sediar a nossa segunda feira gráfica da Mostra de Publicações Independentes, em março."

Programação completa:

Sábado, 25/01 20h Roda de conversas e récitas Literaturas & feminismos interseccionais com Ezter Liu, Geisiara Lima e Luna Vitrolira (mediação de Thays Albuquerque) e lançamento do livro Corpo em chamas de Geisiara Lima e discotecagem com DJ Naia 

Terça, 28/01 20h Exibição do documentário O silêncio dos homens 

Sábado, 01/02 20h Recital Mormaço de Elizeu Braga 

Terça, 04/02 20h Roda de leitores Tu tá lendo o quê? 

Sábado, 08/02 20h Lançamento do livro Roleta russa de Flávia Gomes com Bell Puã, Luiza Fittipaldi e Silvia Goes 

Terça, 11/02 20h Conversa e leituras com os vencedores do chamamento para publicações da Castanha Mecânica 

Sexta, 14/02 20h Recital Eroticuzinho com Flávia Gomes, Renata Santana e Silvana Menezes 

Últimas notícias