Coluna Escrita: Cecília Pavón expõe intimidade com força e delicadeza

Valentine Herold
Valentine Herold
Publicado em 03/03/2020 às 13:00
Notícia
Foto: Timo Berger/ Divulgação
Cecília Pavón é uma poetisa argentina natural de Mendonza - FOTO: Foto: Timo Berger/ Divulgação
Leitura:

Sem precisarmos pedir licença para entrar, Cecília Pavón deixa as portas de sua intimidade abertas e nos convida a dividir em versos seus anseios, sonhos e frustrações. Em Discoteca Selvagem, a poetisa argentina, natural de Mendoza, presenteia os leitores com poemas que mais parecem crônicas de um cotidiano comum e, por isso mesmo, extraordinário.

A obra chegou ao Brasil através da jovem e dinâmica editora Jabuticaba, com traduções e organização de Mariana Ruggieri e Clarissa Lyra que, além de terem mantidos os originais em espanhol na segunda parte do livro, relatam as interessante trocas que tiveram no processo do livro, em formato de cartas/notas.

Leia um trecho do poema "A Vanguarda":

"Tenho um milhão de poemas para repassar/ (além de um beijo na casa do sonho)/ Não sei se existe a vanguarda,/ mas o futuro é um beijo na casa do sonho./ Para escrever um poema é preciso sentir-se estranha./ Não sei se existe a vanguarda, mas agora estou/ escrevendo um poema em uma praça e sou feliz (neste mundo de inimigos)/ (...)"

Confira as outras notícias da coluna Escrita desta terça-feira (03):

- Cem escritores dos mais diversos estados brasileiros integram a Antologia dos Dez Mandamentos em Prosa e Verso, organizada pelo jornalista e escritor cearense Cássio Cavalcante. O livro é lançado nesta quinta (5), na Livraria Leitura (Shopping Tacaruna), às 19h, e parte de temáticas bíblicas para refletir sobre questões do cotidiano. Raimundo Carrero, Fátima Quintas, Luzilá Ferreira Gonçalves e Robson Sampaio são alguns dos representantes pernambucanos que contribuíram.

- A Cepe vai lançar a Antologia da Crítica Pernambucana – Discursos sobre Cinema na Imprensa (1924-1948) no próximo dia 26, na Casa do Derby. A obra reúne textos que marcam os primeiros passos da crítica de cinema pernambucana, com organização de André Dib e Gabi Saegesser.

- Rafael Morato, advogado e mestre em Direitos Humanos pela UFPE, acaba de lançar Gênero, Sexualidade e Redes Sociais (Editora Letramento). No livro, ele analisa as relações de poder na era digital e a formação do discurso de ódio contra a população LGBTI+. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias