Música

Ed Motta faz show em São Paulo após declarações polêmicas

Cantor abriu a apresentação com "Manuel",

Anahi Martinho
Anahi Martinho
Publicado em 18/04/2015 às 13:22
Robson Abreu/Divulgação
Cantor abriu a apresentação com "Manuel", - FOTO: Robson Abreu/Divulgação
Leitura:

SÃO PAULO (SP) - Ed Motta chegou bem humorado ao palco do Terra da Garoa nesta sexta-feira (17), em São Paulo. Tirando sarro da própria polêmica, ele apareceu usando um relógio branco, que fez questão de mostrar à plateia. "Viram só meu relógio branco? Gente, isso parece mais uma cebola", brincou. "Ganhei de presente, de gozação". Em seguida, abriu o show com uma versão acústica de "Manuel", arrancando risos complacentes e aplausos da plateia.  

 

A maioria dos presentes são fãs de Ed, que compraram ingressos antes da polêmica, há cerca de um mês. "Concordo com o conteúdo do que ele falou, é que ele se expressou mal", defendeu o fã Anderson, 33, que já assistiu a um show de Ed em Berlim.

"Realmente, tem gente que nem gosta dele e vai ao show só pra matar saudade do Brasil, como ele falou. Mas a maior parte do público do Ed na Europa de fato não fala português", comentou.

Segundo a assessoria de imprensa da casa de shows, a polêmica ajudou a vender alguns ingressos a mais, na semana passada, mas a maioria já estava vendida há mais de um mês. Mesmo assim, a casa não lotou.

STAND-UP COMEDY

Para quem se exaltou nas redes sociais na semana passada, Ed Motta estava até bem humorado demais. Fez mil piadinhas da própria situação e brincou com o público antes de começar o show: "queria pedir um favor a vocês... quem puder, filma isto aqui!"

Em um misto de show acústico com uma quase espécie de stand-up comedy, Ed seguiu a apresentação solo, apenas com guitarra e um sintetizador, em clima de intimidade e tiração de sarro.

Entre uma canção e outra, contava uma história, fazia uma piada, ou interagia com "hecklers" - gíria em inglês usada para definir pessoas inconvenientes que falam alto durante espetáculos, em geral interagindo com o artista.

"Ed, eu queria ser você!", berrou um fã após a terceira música, quebrando o gelo. "Você é muito foda, você come comidas fodas, toca muito e você pode falar o que quiser!", elogiou.

O músico deu risada e bateu um papo sobre seu cardápio semanal com o fã, mostrando que também tem um lado humilde: "Quem me dera comer só coisas fodas, às vezes lá em casa só tem peito de frango".

Últimas notícias