FORRÓ

Forró na pisada da tradição no RioMar

O público parou para ver e ouvir as apresentações que aconteceram na praça de eventos

Gabriel Albuquerque
Gabriel Albuquerque
Publicado em 02/06/2016 às 5:00
Leitura:

O tradicional forró pé de serra de Genival Lacerda, João Lacerda e Dudu do Acordeom animou a praça de eventos do RioMar Shopping, na primeira noite do São João RioMar Forró e Tradição Recife 2016. O evento, com apoio do Sistema Jornal do Commercio e Hapvida, é gratuito e vai até o domingo, com atrações como Maciel Melo, Irah Caldeira e André Rio.

Quando Genival subiu ao palco, as pessoas que passavam diminuíram o passo e foram se juntando diante do palco armado. Nem se despediu de mim foi uma das canções iniciais apresentadas pelo cantor. O sucesso composto por João Silva e interpretado por Luiz Gonzaga foi sinal de que os forrozeiros não vieram para pouco forró, mas para colocar todo mundo para dançar.

Além de outros sucessos de Gonzagão, como Forró no Escuro e Riacho do Navio, o músico cantou a sua canção mais conhecida: Severina Xique-Xique. Genival ainda chamou o seu filho, João Lacerda, para abrilhantar a apresentação. João conquistou o público de imediato com a sua interpretação das canções Numa Sala de Reboco, Cenário de Amor e Pedras que Cantam.

Confira a programação:

-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-

“Esse tipo de evento revigora a cultura do nosso Estado. Fico muito feliz por fazer parte dele”, disse Genival Lacerda, sobre a noite e a programação.

O evento contratou dez dançarinos profissionais – cinco homens e cinco mulheres – que ficavam disponíveis para qualquer pessoa que quisesse dançar. A ação, que foi planejada para encorajar o público a cair no forró, transformou o mall num grande salão de baile durante a apresentação.

A praça de eventos estava lotada de pessoas interessadas no velho e bom estilo. “Uma realização como essa só traz vantagens, é construtivo para a cultura, é bom para as pessoas que estão passando, assim como para os funcionários que, por conta do horário de trabalho, dificilmente poderiam apreciar um espetáculo com esta proposta”, afirmou o bailarino Ygor Fellipe, de 22 anos, que acompanhou todas as apresentações.

A última atração da noite foi Dudu do Acordeom, que não deixou a desejar. O público já estava se dispersando quando o fole da sanfona do jovem forrozeiro abriu, tocando Eu só quero um Xodó, depois disso, os casais se juntaram novamente e o forró continuou até o fim do espetáculo.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias