Coquetel Molotov

Dj Cleiton Rasta promete debochar legal no Coquetel Molotov

Ele é um viral da internet, mas, diferente da extrema maioria que têm sucesso curto, Cleiton continua conquistando público e se apresentando por todo o Brasil

Jefferson Sousa
Jefferson Sousa
Publicado em 22/10/2016 às 5:00
Divulgação
Ele é um viral da internet, mas, diferente da extrema maioria que têm sucesso curto, Cleiton continua conquistando público e se apresentando por todo o Brasil - FOTO: Divulgação
Leitura:

“Chama, chama!”, “bora debochar legal”, são algumas das frases que jogaram o alagoano DJ Cleiton Rasta para os picos das redes sociais. Ele é um viral da internet, mas, diferente dos outros que têm sucesso curto, Cleiton continua conquistando público e se apresentando por todo o Brasil. Como ele mesmo disse, “hoje é a vez do Recife debochar legal”, ou, mais especificamente, no palco Som Na Rural do Festival No Ar: Coquetel Molotov 2016, às 23h.

Foi em 2014, na 1ª Gravação do DVD Dose Dupla de Cajueiro Edivaldo Pedra e Cleiton Rasta no Povoado de Santo Antônio em Atalaia, que saiu o vídeo da canção Cabeça de Gelo, seu maior sucesso. Mas uma das recentes tristezas para os fãs é que esse vídeo foi retirado do ar. “Eu ficava muito triste com os comentários das pessoas no vídeo do Cabeça de Gelo. Era gente dizendo que ali só tinha drogado, bandido. Que só de comentar eles já tinham perdido a carteira. Eram muitos preconceitos com o pessoal de lá. Aí o meu amigo e diretor do DVD, Sergynho Rasta, me vendo triste, foi e deletou o vídeo”, revela Cleiton, que já alcançava milhões de visualizações na conta original do diretor.

DESPRETENSÃO

Meme por meme, o DJ realmente é um músico que diverte o público. Grande base do som de Cleiton é o reggae melódico e arrastado, o famoso melô, característica facilmente encontrada nas noites do Maranhão. Toda essa ginga popular misturada com o seu estilo despretensioso o torna uma promessa musical.

Indo além da internet, os seus CDs são como mixtapes, com várias faixas que agradam ao DJ sendo misturadas com vinhetas, frases e, segundo ele, “os CDs não são feitos e vendidos para lucro, mas só para divulgar o trabalho”.

Dos vários blogs de humor, dos gifs que tomam conta do Facebook e Twitter além, claro, dos memes, que já são produzidos a partir das fotos publicadas em suas redes sociais, o DJ Cleiton Rasta parte para uma nova fase da carreira, se identificando mais como artista e aceitando críticas. 

“Onde chego sou recebido muito bem, todos pedem para tirar fotos. Já não ligo para as críticas, pois tenho que entender que sou um artista. Sobre a festa de hoje, só digo que vai ter música nova para a galera debochar legal”, completa.

Últimas notícias