Retorno

Cordel do Fogo Encantado marca data para lançamento de novo single

O primeiro single do disco 'Viagem ao Coração do Sol', do Cordel do Fogo Encantado, será lançado ainda este mês; o álbum sai em abril

Rostand Tiago
Rostand Tiago
Publicado em 05/03/2018 às 11:18
Foto: Jonas Tucci/Divulgação
O primeiro single do disco 'Viagem ao Coração do Sol', do Cordel do Fogo Encantado, será lançado ainda este mês; o álbum sai em abril - FOTO: Foto: Jonas Tucci/Divulgação
Leitura:

No próximo dia 9 de março, os admiradores do grupo Cordel do Fogo Encantado poderão ter um gostinho do retorno da banda. Trata-se do lançamento de Liberdade, A Filha do Vento, primeiro single do novo disco dos músicos, Viagem ao Coração do Sol.

"Essa música nasceu com os primeiros contatos para o retorno da banda e traduz o sentimento do nosso novo disco", explica o vocalista Lirinha. A canção traz a busca uma personagem chamada Liberdade, filha do vento, por parte das cinco figuras fictícias que compõem a história do projeto. Confira a capa do single:

 

 

Retorno

Em 10 de janeiro deste ano, os rumores de que a volta do Cordel estava próxima ficaram mais fortes quando o Festival SXSW (South by Southwest) anunciou a banda como uma das atrações dos showcases da edição 2018, que acontece nos dias 9 e 18 de março, em Austin, no Texas (EUA). Produtores que estavam trabalhando no projeto da reunião da banda apressaram-se em negar a participação dos encantados.

Lirinha deixara o grupo para alçar voo solo premido por uma necessidade pessoal de realizar novas experiências, que resultaram nos discos Lira (2011) e O Labirinto e o Desmantelo (2015), além do envolvimento com o teatro e a poesia, com destaque ao espetáculo solo Mercadorias e Futuro. Nesse tempo ele também compôs músicas para trilhas e fez cinema. Em sua carta de despedida, entretanto, havia um vaticínio: “a certeza de que o fogo da nossa poesia e da nossa música nunca se apagará e que nossa força é infinita”.

Viagem ao Coração do Sol traz “canções que ficaram guardadas” e novas composições feitas depois da reunião. Com produção do instigado Fernando Catatau, foi gravado no Estúdio El Rocha, em São Paulo, e no Totem Estúdio, em Fortaleza.
“Fizemos uma opção estética de não sermos um grupo de releitura ou de glorificação do passado. As novas letras vão dialogar com os sentimentos humanos, com aquilo que nos cerca. Já musicalmente, o Cordel mantém a característica de sempre surpreender”, afirma Lirinha.

Enquanto Viagem ao Coração do Sol não é lançado, os fãs ou mesmo quem não conhece a banda podem ouvir as músicas dos primeiros discos, que o Cordel lança hoje nas plataformas de streaming, remasterizados, os discos Cordel do Fogo Encantado (2001), produzido por Naná Vasconcelos, O Palhaço do Circo Sem Futuro (2002), coproduzido pela banda e por Buguinha Dub e Ricardo Bolognine, e Transfiguração (2006) produzido por Carlos Eduardo Miranda e Gustavo Lenza.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias