Show

Fãs recifenses têm encontro emocionado com Sandy

Sandy voltou ao Recife na última quinta-feira, trazendo agora o projeto 'Nós, Voz, Eles' para o Teatro Guararapes

Rostand Tiago
Rostand Tiago
Publicado em 26/10/2018 às 9:16
Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Em plena noite de quinta-feira, a cantora Sandy convocou o público pernambucano para assistir ao seu novo show, a turnê Nós, Voz, Eles, no Teatro Guararapes. Voltando na cidade pouco mais de um ano depois de sua última apresentação, ela conseguiu reunir ontem mais de 2 mil pessoas para contemplar suas novas canções, sucessos da carreira solo e, claro, algumas músicas da saudosa dupla Sandy e Júnior.

O seu retorno à cidade porém ficou marcado por um cuidado que chamou a atenção: 20 seguranças estavam estrategicamente espalhados na frente do palco antes mesmo das cortinas se abrirem. O motivo? O incidente ocorrido ano passado, no mesmo local, em que um fã invadiu seu cenário e quase a derrubou em cena. O staff da cantora, então, preferiu "prevenir do que remediar".

Reforços à parte, o público que lotou o teatro estava mais disposto a abraçá-la. Recebida com um coro uníssono de "Sandy, eu te amo", o show começou às 21h55, 25 minutos depois do previsto. A plateia surpreendeu a cantora logo em Respirar, a canção que abriu o show, com letras 'S' iluminadas que remetem ao cenário do novo espetáculo. "Que lindo!", disse ela já no meio da canção. "Obrigado por estar aqui em plena quinta-feira à noite", agradeceu ela em sua primeira fala direta com os recifenses.

Ao apresentar Areia, a primeira canção inédita do projeto que leva o nome do show, ela precisou falar de seu parceiro na canção, o marido Lucas Lima. "Ele me conhece tão bem que é capaz de me traduzir em música", derreteu-se, antes de cantar com ele projetado no telão. Grito Mudo, outra canção inédita, arrancou longos aplausos.

Felipe Ribeiro/JC Imagem
Sandy em coletiva de imprensa, nos bastidores do Teatro Guararapes. - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
Sandy subiu ao palco do Teatro às 21h55, 25 minutos depois do previsto. - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
A cantora apresentou o show 'Nós, Voz, Eles', baseado no projeto lançado nas plataformas digitais. - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
A cantora ficou feliz com a receptividade do público de quase 2.300 pessoas que lotaram o Teatro. - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
No repertório, além das inéditas, Sandy trouxe hits da carreira solo e da dupla Sandy & Junior. - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
O show durou exatos 90 minutos com participação intensa do público. - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
Sandy encerrou o show prometendo voltar à cidade em 2019. - Felipe Ribeiro/JC Imagem

Corais e emoções

O público saudoso foi ao delírio quando Sandy entoou os primeiros versos de As Quatro Estações, hit da extinta dupla onde ela cantou por 17 anos. O forte coral, que a acompanhava em todas as canções, chamou a atenção da artista. "Vamos contratar um coral desses para a estrada?", brincou.

Após a enérgica Ponto Final, foi a vez da cantora seguir o ritual de chamar alguém ao palco para cantar Tempo junto à ela. A felizarda foi a jovem Beatriz. "Aproveita por mim!", gritou uma fã na plateia que não foi contemplada. Ao fim da canção, Sandy ainda foi carinhosa: "Palmas para Bia, gente!"

Nas duas últimas canções inéditas do Nós, Voz, Eles, o público vibrou com Pra Me Refazer, gravada com o duo Anavitória, e Um Dia Bom, Um Dia Besta, em parceria com Thiaguinho. E mesmo sendo do CD anterior, o hit Me Espera, com Tiago Iorc, marcou presença.

Ao fim do espetáculo de 90 minutos, a plateia parecia querer mais ao relembrar o hit da dupla Eu Acho Que Pirei, a boa releitura de Preciso de Você, do cantor Netinho, e o sucesso autoral Aquela dos 30 como a derradeira do show. Num encontro em que a sintonia artista e público estava mais que evidente, Sandy deixou Recife com a certeza de que a conjugação dos verbos amar e cantar foram mais fortes em todas as pessoas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias