Pop Folk

OutroEu se reinventa no EP 'Encaixe'

De volta às raízes, duo carioca experimenta a música brasileira em novo trabalho

Robson
Robson
Publicado em 02/07/2019 às 18:45
Notícia
Foto: Universal Music/Divulgação
De volta às raízes, duo carioca experimenta a música brasileira em novo trabalho - FOTO: Foto: Universal Music/Divulgação
Leitura:

Mike Tulio e Guto Oliveira. Se os nomes não parecem familiares a priori, talvez vocês conheçam a OutroEu, que nomeia o duo formado por estes jovens músicos cariocas. Descobertos no extinto programa SuperStar, da TV Globo, os rapazes acabam de lançar nas plataformas digitais o primeiro EP da carreira, intitulado Encaixe (Universal Music, 2019).

Na estrada há quase quatro anos, o trabalho marca a volta do projeto em dupla da banda, que já chegou a ser um quarteto. “Estava tudo convergindo para esse momento. A gente anda fazendo essa piada ruim, mas tava ‘tudo encaixando’ mesmo, de forma natural. Estávamos há um tempo tocando só nós dois. Tocamos juntos desde os 17 anos, em bar, casamento, festas. E tudo eu e Guto. Então achamos que esse é o melhor caminho para o OutroEu”, justificou Mike por telefone, em entrevista ao Jornal do Commercio.

Composto de cinco faixas autorais, Encaixe também revela uma nova sonoridade do duo. Conhecidos e revelados através do pop folk, os músicos e cantores garantem que esse disco está mais “brasileiro”, mas sem segundas intenções.

“Nós vemos esse EP como uma forma de experimentarmos um lado mais brasileiro sem perder a nossa essência do início, que é o pop folk. Estamos mais MPB, suingado, groovado, agregando ao nosso som de raiz. Mas se ampliar o público por causa disso, vai ser demais”, espera Guto.

COLABORAÇÕES

Na promissora carreira do OutroEu, a dupla já coleciona colaborações com a cantora Sandy (nas faixas Ai de Mim e na composição de Areia), e de Anavitória (na música Outrória).

“Parceria já é um lance de misturar vibes. Quando rolou a Sandy já foi um mix de emoção de infância com ‘fã pra caraca’. Nos colocar num lugar de fazer música com uma pessoa que admiramos, foi um ‘desprendimento mental bizarro’! (risos). E as meninas do Anavitória também. Veio de amizade, um encontro da vida, e tudo rolou automaticamente”, relembrou Guto.

Entre as cinco faixas inéditas de Encaixe, vale a pena ouvir com atenção Não Olha Assim Pra Mim, que abre o álbum, e a romântica, mas agitada, Sem Você Não Falta Nada. Ambas as canções exemplificam bem essa fase da OutroEu de ampliar seus horizontes musicais.

“Quando se imprime o máximo de sua verdade, de sua personalidade, e tudo que você quer falar, esse é o encaixe perfeito para uma boa música”, conclui Mike sobre o novo trabalho. O álbum completo, que será o terceiro da carreira, sairá no fim do ano.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias