USO INDEVIDO

Arnaldo Antunes critica uso da música 'O pulso' em vídeo de apoio a Bolsonaro

'O pulso' foi usada em vídeo contra opositores no Congresso e STF

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 25/02/2020 às 12:26
Notícia
Foto: Reprodução/Instagram
FOTO: Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

Arnaldo Antunes contestou o uso da música 'O Pulso' em um vídeo de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e contra instituições como o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de suas redes sociais na manhã desta terça-feira (25). A produção foi publicada em diversas páginas de direita.

A música, composta por ele, Marcelo Fromer e Tony Bellotto, cita diversas doenças e é tocada enquanto passam imagens de diversos deputados, ministros e opositores ao governo no vídeo, que é usado para convocar simpatizantes para uma manifestação no dia 15 de março.

Ver essa foto no Instagram

Nota de esclarecimento ?????@342artes #342artes

Uma publicação compartilhada por Arnaldo Antunes (@arnaldo_antunes) em

Antunes diz, pelo Instagram, estar indignado com o uso de sua música em um vídeo que vai contra tudo aquilo que ele preza, defende e acredita, e que já acionou judicialmente as autoridades para que o vídeo seja retirado do ar.

"Esse uso é indevido e não autorizado, e vai contra tudo o que eu prezo, defendo e acredito. Eu creio que, na verdade, as instituições, como o Congresso Nacional e STF preservam aquilo que nos resta ainda de democracia e elas têm que ser defendidas. É muito revoltante ver uma criação minha ser usada contra meus princípios. Eu queria dizer que já estamos acionando judicialmente para que tirem do ar essa informação e quem fez esse uso indevido se responsabilize", disse.

O vídeo

Ver essa foto no Instagram

Via: @tercalivre

Uma publicação compartilhada por Olavo de Carvalho (@olavodecarvalho) em

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias