Bandas

Com o pé na estrada novamente

Bandas sumidas há décadas retomam carreira

José Teles
José Teles
Publicado em 22/06/2011 às 6:00
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Não é mais apenas nostalgia, mais parece uma necessidade de mercado. Bandas americanas ou européias, aposentadas ha décadas, voltam à estrada como se o tempo não tivesse passado, e os jovens que as assistem com idade de ser seus netos. É o caso de, por exemplo, The Fugs, banda do udigrudi dos EUA, que fazia um rock anárquico e escalofobético. O grupo, que lançou o primeiro disco em 1965, faz neste verão uma turnê pela europa, depois de 43 anos desde a última vez que tocou no continente. Quase da mesma época, a seminal Buffalo Springfield, que acabou em 1968 (voltou com outra formação, sem sucesso), retorna às estradas com três integrantes originais, Richie Furray, Stephen Stills e Neil Young (outros dois integrantes são falecidos, Bruce Palmer, em 2004, e Dewey Martin, em 2006).

Esta semana, uma enquete realizada, pelo jornal especializado inglês New Musical Express, para que os leitores escolham o melhor o vocalista de todos os tempos, colocou Freddie Mercury, do Queen, em primeiro lugar. Mercury morreu há 20 anos. No mesmo jornal, o produtor do badlado festival Glastonbury, o maior do verão da Inglaterra, acenou para a possibilidade de ter um show do Led Zeppelin. Detalhe: dos quatro integrantes originais do LZ, morreu, em 1980, o baterista John Bonham, e o tecladista John Paul Jones, não se dá bem com Jimmy Page e Roberto Plant. com duas baixas na formação, os falecidos Keith Moon e John Entwistle, o The Who não volta, mas o vocalista Roger Daltrey anunciou turnê, neste verão europeu. Montou uma banda para tocar a ópera-rock Tommy.

Das muitas voltas, duas celebradas. Uma da cult The Feelies, banda americana, de New Jersey, surgida nos anos 80,  que lançou um elogiado CD em março, Here Before, depois de 20 anos do último disco. A outra foi The Cars, o pop mais refinado da new wave americana. Sem o baixista e vocalista principal Ben Orr, falecido em 2000, mais com o também vocalista e compositor Ric Ocasek retomando a carreira com a banda como se ainda fosse 1979, o The Cars  é uma das atrações quentes deste verão nos EUA, e seu primeiro disco, depois de 23 anos, Moving like this é sucesso de crítica e público. Já a Big Audio Dynamite, do ex-Clash Mick Jones, também ousou uma reunião, mas o primeiro show, nos Estados Unidos, foi dinamitado pela crítica do New York Times.

Os Beatles não voltam, claro. Mas Ringo, sim. Há oito anos sem fazer turnê, ele anunciou há poucos dias, que volta aos palcos dos EUA e Europa e, quem sabe, do Brasil? 

Ver matéria completa na edição desta quarta (22/6) do Caderno C, no Jornal do Commercio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias