Perda

Morre músico Erasto Vasconcelos, irmão de Naná Vasconcelos

Músico havia sofrido um infarto em agosto e desde então precisava de cuidados

Cidades
Cidades
Publicado em 27/10/2016 às 22:45
Reprodução/Facebook
Músico havia sofrido um infarto em agosto e desde então precisava de cuidados - FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

Morreu, na noite desta quinta, o cantor, compositor, percussionista e arranjador olindense Erasto Vasconcelos, 70 anos, irmão do percussionista Naná Vasconcelos, falecido em março deste ano. Erasto havia sofrido um infarto no dia 9 de agosto, quando foi submetido a uma angioplastia. Depois precisou ser internado novamente no Hospital Miguel Arraes, onde veio a falecer. 

Homem simples e talentoso, Erasto subiu ao palco com grandes nomes nacionais e internacionais. No começo da carreira, em 1965, quando morou no Rio, ele acompanhou estrelas como Milton Nascimento, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Gal Costa. Nos anos 70, em Nova York, tocou ao lado do saxofonista Stan Getz e gravou o LP Stone Alliance, com Marcio Montarroyos e Hermeto Pascoal. Também deu “canja” com o consagrado saxofonista Ornette Coleman.

Erasto voltou ao Brasil no começo da década de 80. Seu primeiro disco, Jornal da Palmeira, foi lançado em 2005, com 12 composições próprias e produção de Fábio Trummer, da Banda Eddie.

Repercussão

No Facebook de Erasto, amigos lamentam a perda. “Minha reverência a Erasto Vasconcelos. Que os Orixás e Olorum o recebam com suas bênçãos e energias. Segue com tua alegria e talento, companheiro Erasto. Que Naná o receba com seus batuques”, postou Odilon Lima. “Voa passarinho, vai encontrar teu irmão”, escreveu Priscila Melo.

 


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias