RECURSOS

Museu de Arte Sacra será reformado com apoio do MinC

O acordo foi selado em reunião entre o ministro da Cultura, Roberto Freire, e o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry

JC Online
JC Online
Publicado em 08/03/2017 às 16:10
Edson Leal/Ascom MinC
O acordo foi selado em reunião entre o ministro da Cultura, Roberto Freire, e o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry - FOTO: Edson Leal/Ascom MinC
Leitura:

O vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, teve uma audiência, nesta quarta (8/3), em Brasília, com o ministro da Cultura, Roberto Freire, para apresentar o projeto de reforma e requalificação do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe). 

Por sugestão de Freire, a proposta, orçada em R$ 10 milhões, deverá ser desenvolvida por meio da Lei Rouanet.

Localizado no sítio histórico de Olinda, o museu será dividido em quatro conceitos: Olinda de todos os santos, Iconografia cristã, Arte sacra e Artífices e restauradores.

Com mais de 3 mil peças, no museu poderão ser encontrados pinturas, esculturas e obras de ordens religiosas (franciscanos, beneditinos, jesuítas, carmelitas etc.), além de objetos do acervo da coleção de Zé Santeiro – restaurador pernambucano especializado na comercialização de peça sacras dos séculos 18 e 19.

RAPIDEZ

De acordo com Henry, o museu já conta com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). "O sítio histórico tem 23 igrejas em um raio de 1 km. A presidente do Iphan, Kátia Bogéa, também está empenhada em viabilizar este projeto, justamente por compreender a relevância do museu", afirmou Henry.

A proposta, segundo o ministro, será analisada pelo MinC. "Iremos trabalhar para que essa obra saia do papel o mais rápido possível", assegurou Freire. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias