REPERCUSSÃO

Marcelo Rezende critica declaração de José Mayer sobre assédio sexual

"Vê se pelo menos dessa vez você só diz: 'Eu errei'", concluiu o jornalista em vídeo publicado no Facebook

JC Online
JC Online
Publicado em 07/04/2017 às 14:20
Reprodução
"Vê se pelo menos dessa vez você só diz: 'Eu errei'", concluiu o jornalista em vídeo publicado no Facebook - FOTO: Reprodução
Leitura:

O jornalista Marcelo Rezende decidiu publicar um vídeo com a opinião dele sobre a denúncia de assédio sexual feita pela figurinista Susllen Tonani ao ator José Mayer. Mais especificamente, comentando as respostas dadas pelo ator após a publicação do relato feito por Su, como ela é conhecida no meio artístico, no blog #Agoraéquesãoelas. 

"O ator José Mayer, que é culpado de ter assediado moral e sexualmente uma figurinista na TV Globo, primeiro diz que não fez nada. Depois, inventa outra desculpa e diz que a culpa é do personagem. E, por último, agora réu confesso, ele diz que é fruto de uma geração machista. Só se for você, porque eu não", inicia Marcelo Rezende.

"Todo mundo acima de 50 anos é da sua geração. Você é assim, não é que todos são assim. Eu fui criado entre delinquentes e não sou delinquente. Você é o que você tem por dentro, a sua formação moral. Por isso você acha natural assediar uma mulher e agora quer passar por bonzinho dizendo: 'Não, eu sou fruto de uma geração'. Vê se pelo menos dessa vez você só diz: 'Eu errei'", conclui o jornalista.

 

 

Resumo

A figurinista Susllen Tonani relatou uma série de situações de assédio sexual envolvendo o ator José Mayer, em texto publicado no blog #Agoraéquesãoelas. Inicialmente, o ator negou as acusações, dizendo que as atitudes descritas por Su Tonani eram próprias do machismo e da misoginia do personagem dele na novela A Lei do Amor (Globo), Tião Bezerra. Diversas profissionais da Globo se uniram no movimento Mexeu Com Uma, Mexeu com Todas e, desde então, vários artistas falaram sobre o assunto publicamente. José Mayer admitiu o que tinha feito e a Globo decidiu suspender o ator por tempo indeterminado.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias