POLÊMICA

Após chamar Wesley Safadão de "emergente", Zezé Di Camargo desabafa nas redes sociais

"Não adianta tentar me mudar. Detesto o termo: politicamente correto. Não vou ser hipócria para falar e fazer o que as pessoas acham que tenho que fazer", disse o cantor

JC Online
JC Online
Publicado em 24/06/2016 às 15:30
PuprePeople / Divulgação
"Não adianta tentar me mudar. Detesto o termo: politicamente correto. Não vou ser hipócria para falar e fazer o que as pessoas acham que tenho que fazer", disse o cantor - FOTO: PuprePeople / Divulgação
Leitura:

Após chamar Wesley Safadão de cantor emergente, Zezé Di Camargo voltou a se manifestar sobre o assunto no Instagram. Na rede social, sem se desculpar com o forrozeiro, o músico fez um longo desabafo contra as críticas que recebeu.

"Não adianta tentar me mudar. Detesto o termo: politicamente correto. Não vou ser hipócria para falar e fazer o que as pessoas acham que tenho que fazer", disse o cantor.

"Quem quiser gostar de mim (veja o show de hoje): quase 100 mil pessoas cantando com a gente. Goste como sou. Não adianta vir me insultar com inverdade ou falta de conhecimento, que não vou deixar barato. Longe de mim querer ser polêmico. O Instagram é meu e não vou fazer média com ninguém. Antes de ser artista sou um ser humano e não abro mão disso! Se quiser gostar de mim assim seja bem-vindo. Se não, nem precisa vir aqui."

Aqui é lugar da verdade e pessoas do bem. Só devo satisfação às pessoas que compram meus discos, vão ao meu show e ficam horas me esperando para cantar comigo os meus sucessos (que convenhamos, não são poucos). Sou, faço e assumo tudo. Sou homem de atitudes e não provérbios. Graças a Deus sou dono do meu destino. Bem-vindos os que pensam como eu e f... quem pensa o contrário. Alô! Nasci pobre, mudei minha vida e de todos que amo com meu trabalho. E sou feliz assim! Dá para entender? Você só tem duas escolhas aqui: respeite minha história ou respeite minha história! Entendeu?", completou.

Não adianta tentar me mudar. Detesto o termo: politicamente correto. Não vou ser hipócrita pra falar e fazer o q as pessoas acham q tenho que fazer. Quem quiser gostar de mim, (vide o show de hj), quase 100,000 pessoas cantando com a gente. Goste como sou!! Não adianta vir me insultar com inverdades ou falta de conhecimento, q não vou deixar barato. Longe de mim querer ser polêmico. O ig é meu e não vou fazer média com ninguém. Antes de ser artista, sou um ser humano e não abro mão disso!! Se quiser gostar de mim assim, seja bem vindo. Se não, nem precisa vir aqui. Aqui é um lugar da verdade e pessoas do bem. Só devo satisfação as pessoas q compram meus discos, vão ao meu show e ficam hrs me esperando pra cantar comigo, os meus sucessos, Q convenhamos, não são poucos. Sou, faço e assumo tudo!! Sou homem de atitudes e não de provérbios. Graças a Deus sou dono do meu destino. Bem vindos os q pensam como eu e foda-se quem pensa o contrário. Alôôôô!! Nasci pobre, mudei minha vida e de todos q amo, com meu trabalho. E sou feliz assim!!! Da pra entender?!! Vc só tem duas escolhas aqui: respeite minha história ou respeite minha história!!! Entendeu?!!!

Uma foto publicada por Zezé Di Camargo (@zezedicamargo) em Jun 24, 2016 às 5:10 PDT

O problema começou na quinta-feira (23), quando Zezé respondeu a uma critica que o comparava com Wesley e o acusava de "mão de vaca" por pegar voo comercial: "Artista quando começa a fazer sucesso é assim: só anda de jatinho, Ferrari, barco de luxo. Conhece a palavra emergente? Também já passei por isso."

Últimas notícias