Religião

Você sabe quais são as virtudes cardeais? Quem explica é Padre Airton

O religioso, criador da Fundação Terra, realiza quatro palestras este ano para falar sobre as virtudes que podem transformar a convivência entre as pessoas e o planeta

Flávia de Gusmão
Flávia de Gusmão
Publicado em 24/04/2017 às 20:34
Guga Matos/JC Imagem
O religioso, criador da Fundação Terra, realiza quatro palestras este ano para falar sobre as virtudes que podem transformar a convivência entre as pessoas e o planeta - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Nesta quarta-feira (26/04), às 20 horas, no Teatro RioMar, o Padre Airton Freire vai se dirigir à plateia para falar sobre um tema apenas: a Fortaleza. Esta primeira apresentação marca o início de uma espécie de “turnê” que o religioso cumprirá, em várias cidades brasileiras, cobrando ingresso no valor de R$ 75, renda que será revertida às obras assistenciais que a Fundação Terra, criada por ele, realiza a partir de sua sede em Arcoverde, Sertão de Pernambuco.

Se, em 2015, Padre Airton aprofundou para o público as três Virtudes Teologais – Fé, Esperança e Amor (ou Caridade) –, em 2017 ele escolheu as quatro virtudes Cardeais para servirem como ponto de aprofundamento na formação espiritual do enorme contingente de seguidores que possui. As virtudes Teologais dizem respeito à religação do homem com Deus e as Virtudes Cardeais tratam da relação que a humanidade mantém entre si. Além da Fortaleza, as outras virtudes Cardeais são a Prudência (sabedoria e bom-senso para realizar o que é correto); a Justiça (que é a busca pelo bem comum, sobrepondo-se às necessidades individuais) e a Temperança (que é a moderação atingida através do autocontrole e da maturidade).

 FORTALEZA

“A virtude cardeal da Fortaleza nos mostra que em meio a tanta fraqueza é preciso munir-se de força, para que não sejamos superados em razão dos acontecimentos, para que nos tornemos senhores da situação. Ser forte malgrado a fragilidade, vencer apesar dos limites das dificuldades. A virtude da Fortaleza nos ensina que temos condições de superação sem que tenhamos de passar por um limite de saturação, explica Padre Airton.

Para o religioso, cultivar a fortaleza é também uma forma de superar adversidades internas, impostas pelo ritmo opressor que as demandas da modernidade exercem sobre todos nós. Ainda neste primeiro semestre (em data a ser definida) a explanação do Padre Airton voltará seu foco para a Prudência, ficando as outras duas virtudes para o segundo semestre de 2017.
“Ser prudente não rima com ser covarde. A pessoa que é prudente sabe fazer a coisa certa no momento certo e aprende até com erros passados. Se a gente puder conjugar prudência com fortaleza, certamente estará capacitado tanto para executar o planejado como para superar o inesperado. Ser prudente para não cair por seus próprios pés, para não viver o revés, para não viver à revelia”, afirma o religioso.

O objetivo dessas palestras, segundo ele, é ajudar as pessoas a refletirem sobre a realidade que as cerca, e que está constantemente desafiando a capacidade de ser virtuoso. “É justamente aí que está a origem da designação ‘cardeais’ dada a essas virtudes, uma vez que elas funcionam como uma bússola a orientar a direção correta. Para que possamos vencer qualquer obstáculo”, ensina o padre.

TEMPERANÇA E JUSTIÇA

No segundo semestre, Justiça e Temperança ocupam a pauta das palestras, concluindo as duas virtudes Cardeais restantes. “A virtude da temperança significa equilíbrio. É possível ser misericordioso e justo. Nisso consiste a temperança. Não ser precipitado no decidir, no julgar e no agir. Ela nos ajuda a saber a medida certa para o momento certo. Nem tanto ao mar nem tanto a terra. Considerar também que o outro pode ser atravessado por uma fragilidade. A temperança considera os atenuantes, além dos agravantes, para poder proceder, primeiramente em relação a si mesmo, com equidade. E saber que em si mesmo, residindo uma fraqueza, ter a medida certa quando se dirigir ao outro. Temperança e justiça precisam caminhar lado a lado. Nem a frieza da razão, nem a tirania da paixão”, conclui Padre Airton Freire.

Palestra beneficente com Padre Airton Freire – Tema: Virtudes Cardeais (A Fortaleza). Quarta-feira, 26/04, 20h, Teatro RioMar, Ingresso na bilheteria : R$ 75.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias