Polêmica

Presidente francês apresenta queixa contra paparazzo

De moto, o paparazzo estaria perseguindo o presidente Emmanuel Macron

AFP
AFP
Publicado em 15/08/2017 às 16:55
Foto: ALAIN JOCARD / POOL / AFP
De moto, o paparazzo estaria perseguindo o presidente Emmanuel Macron - FOTO: Foto: ALAIN JOCARD / POOL / AFP
Leitura:

O presidente francês, Emmanuel Macron, denunciou por assédio e tentativa de violação de sua vida privada um paparazzo que o seguiu durante suas férias - informou o Palácio do Eliseu nesta terça-feira (15).

Entenda

O chefe de Estado passa as férias em Marselha, na costa mediterrânea, junto com sua mulher, Brigitte.

Segundo a acusação, o fotógrafo insiste em perseguir Macron de moto, mesmo depois de a segurança do presidente ter pedido para que não fizesse isso, alertando para os riscos e perigos envolvidos.

"No domingo, ele entrou em propriedade privada, o que levou à apresentação da queixa por assédio e tentativa de violação da vida privada", relatou a Presidência.

Segundo a revista VSD, o fotógrafo ficou em detenção provisória durante seis horas no domingo e foi liberado depois das verificações de rotina.

A assessoria de imprensa da presidência desmentiu essa informação.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias