CRIME

Bruno Gagliasso vai à delegacia denunciar racismo contra a filha

Titi, de apenas quatro anos, foi vítima de ofensas proferidas pela socialite Day Mccarthy

JC Online
JC Online
Publicado em 27/11/2017 às 11:15
Foto: Reprodução/Instagram
Titi, de apenas quatro anos, foi vítima de ofensas proferidas pela socialite Day Mccarthy - FOTO: Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

O ator Bruno Gagliasso chegou à Cidade da Polícia, Zona Norte do Rio de Janeiro, por volta das 10h40 desta segunda-feira (27), pelo horário local, para formalizar queixa contra as ofensas racistas proferidas à sua filha, Chissomo, a Titi, de apenas quatro anos de idade.

A menina foi vítima de racismo praticado pela socialite Day Mccarthy, que publicou em seu perfil no Instagram vídeos nos quais chama Titi de "macaca", além de classificar de maneira pejorativa os cabelos da criança.

Essa não é a primeira vez que Titi é vítima de ataques do tipo. Em novembro de 2016, Bruno também registrou outra queixa por racismo contra ela. Dessa vez, Bruno e Giovanna pretendem abrir um processo judicial no Canadá, onde Day Mccarthy mora. Já a polícia brasileira declarou que passará a investigar o caso assim que o registro for feito.

TITI

Titi foi adotada por Bruno e Giovanna no ano passado, depois de ambos viajarem ao Malawi, no Sul da África.

???????

Uma publicação compartilhada por Bruno Gagliasso (@brunogagliasso) em

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias