Absurdo

Ana Hikari, atriz de 'Malhação', denuncia racismo vivido pelo pai

Filha de mãe oriental e pai negro, artista expressou indignação após situação de racismo sofrido pelo patriarca em um estacionamento

Robson
Robson
Publicado em 27/02/2018 às 20:22
Foto: Instagram/@_anahikari/Reprodução
Filha de mãe oriental e pai negro, artista expressou indignação após situação de racismo sofrido pelo patriarca em um estacionamento - FOTO: Foto: Instagram/@_anahikari/Reprodução
Leitura:

No ar como Tina na novela Malhação - Viva a Diferença, da TV Globo, a atriz Ana Hikari, de 23 anos, usou sua conta no Twitter para denunciar uma situação de racismo vivida pelo seu pai no último domingo (25).

De acordo com o portal Vírgula, a atriz - que é a primeira protagonista oriental da emissora - disse que tudo aconteceu no estacionamento de um restaurante e se mostrou indignada com o ocorrido.

“Tô muito p***. Racismo é um lixo! Que ódio! Que ódio! Acabaram de abordar meu pai no estacionamento de um restaurante gritando ‘QUE QUE VOCÊ QUER AQUI?’. Mano, tô chorando de raiva. Velho, ninguém pode tratar ninguém dessa maneira! Muito menos por causa da cor! Isso é um absurdo. Racismo é crime, gente! Presumir que alguém vai ‘assaltar um estabelecimento’ por causa da cor dela é CRIME!”, afirmou.

Sobre a sua origem, Ana Hikari é filha da dentista Makiko Takenaka, que é nissei, e do professor de cinema da USP Almir Almas, que é negro.

No dia seguinte, a atriz prosseguiu com o desabafo: "Galera, obrigada pela preocupação. Meu pai está melhor. Passei o dia inteiro com ele, pesquisando as melhores maneiras de lidar com essa situação (que, infelizmente, não é a primeira e não será a última). Vamos abrir um boletim de ocorrência em uma delegacia especializada”.

“Voltamos no estabelecimento e conversamos com a gerente e já entraram em contato com o supervisor da empresa que cuida do estacionamento (que é responsável pelo funcionário). Estamos aguardando alguma resposta. No mais, nem sei muito o que dizer ou fazer. Eu tô muito triste, porque isso é uma situação que não é pontual. Não acontece só com meu pai. Isso tem nome… acontece por conta da desigualdade racial que vivemos. Eu tô cansada de ver isso acontecer no mundo. Fico mal”, completou.

Ana Hikari concluiu dizendo que estava cansada de ver isso acontecer com seu pai, que segundo ela, é uma das pessoas mais importantes de sua vida. "Isso rasga meu coração, de verdade”, finalizou.

CONFIRA OS POSTS DE ANA HIKARI:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias