BEBIDA

Heineken enfrentará ação judicial por dizer que cerveja Desperados contém tequila

Conselho de produtores do México deseja que a marca pare de usar o nome tequila "em vão"

JC Online
JC Online
Publicado em 27/06/2017 às 14:00
Foto: Divulgação
Conselho de produtores do México deseja que a marca pare de usar o nome tequila "em vão" - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O Conselho Regulador da Tequila (CRT), no México, afirma que já possui provas suficientes para mover uma ação judicial contra a empresa Heineken, que produz a Desperados, bebida vendida como uma mistura de cerveja e tequila. Segundo o conselho, a empresa alega que a bebida alcoólica possui quantidade significativa da espécie de aguardente mexicana, o que foi desmentido segundo testes feitos pelo CRT.

De acordo com sites americanos, desde março a Heineken foi avisada pela CRT da possibilidade de uma ação pela falsa informação em relação ao teor de tequila da bebida. Embora não seja vendida no México, a Desperados está presente nos Estados Unidos, em vários países da Europa e também no Brasil.

O conselho de produtores de tequila deseja que a marca pare de usar o nome tequila "em vão" ou comece a realmente usar a substância em conjunto com a cerveja, por isso o acionamento judicial.

Resposta

Por sua vez, a empresa afirmou que possui todos os teste laboratoriais sobre a autenticidade do produto. Ao Financial Times, a Heineken alegou que a Desperados contém tequila comprada no México e se trata de um produto fruto da mistura do aguardente mexicano com a cerveja.

Últimas notícias