câmbio

BC quer evitar que queda do dólar gere riscos para estabilidade econômica do país, diz Tombini

Tombini disse ainda que o governo tem tomado medidas para que o fluxo de capitais entre de forma moderada no país

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 04/08/2011 às 10:39
Leitura:

BRASÍLIA - O Banco Central (BC) tem tomado e continuará tomando medidas para evitar que a queda do dólar no país gere riscos para a estabilidade econômica. A informação é o presidente do BC, Alexandre Tombini, em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Tombini destacou que o dólar está se desvalorizando não somente no Brasil, mas também em outros países como Chile, Canadá e Austrália. “Esse câmbio nos níveis de hoje não responde aos fundamentos da nossa economia, mas a esse processo de enfraquecimento global do dólar”, disse.

O presidente do BC enfatizou que o dólar “flutua  para os dois lados”, ou seja, para baixo e para cima. Por isso, ele ressaltou que é preciso cautela ao assumir despesas em dólar.

Tombini disse ainda que o governo tem tomado medidas para que o fluxo de capitais entre de forma moderada no país.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias