Usina Nuclear Angra 3

Prazo de pré-qualificação de empresas para licitação de montagem de Angra 3 é prorrogado

Messias informou que 47 empresas solicitaram o edital para participar da licitação, mas, até o momento, 23 fizeram visitas aos canteiros e aos escritórios da Eletronuclear

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 01/11/2011 às 12:40
Leitura:

RIO DE JANEIRO - A Eletronuclear prorrogou até o dia 21 de novembro o prazo de pré-qualificação das empresas interessadas em participar da licitação da montagem eletromecânica da Usina Nuclear Angra 3, cujo orçamento é estimado em R$ 1,93 bilhão.

De acordo com o superintendente de Gerenciamento e de Empreendimento da Eletronuclear, Luiz Manuel Messias, o prazo, que terminaria na última segunda-feira (31), foi adiado porque as empresas alegaram precisar de mais tempo para reunir a documentação requerida no edital de pré-qualificação.

"O edital contempla a visita ao canteiro para conhecer as condições in loco, como também a visita aos nossos escritórios. Dentro desse processo, surgiram muitas perguntas de esclarecimento e o pedido de prorrogação do prazo por duas empresas. Como é de nosso interesse que haja o maior número de empresas, sem prejuízos maiores ao processo, adiamos em 20 dias a entrega das propostas para que essas empresas tenham tempo de preparar suas documentações, após suas perguntas terem sido respondidas", ele destacou.

Messias informou que 47 empresas solicitaram o edital para participar da licitação, mas, até o momento, 23 fizeram visitas aos canteiros e aos escritórios da Eletronuclear.

Os concorrentes podem participar da licitação de forma isolada ou em consórcio formado por até quatro empresas. Inicialmente, serão verificadas a habilitação jurídica, a regularidade fiscal, a qualificação econômico-financeira e a qualificação técnica.

As empresas que forem aprovadas na primeira etapa terão analisadas suas linhas metodológicas para a execução dos serviços. Após esse período de pré-qualificação, estimado em quatro meses, haverá uma segunda fase, na qual as empresas consideradas pré-qualificadas serão convidadas a apresentar suas propostas de preços.

O processo de contratação deve durar oito meses e a previsão é que as empresas vencedoras comecem as obras até maio de 2012. A Usina Nuclear Angra 3 deve começar a gerar energia até o início de 2016.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias