Pesquisa

População do DF é a que tem mais acesso à telefonia celular

Em 2009, 95,7% das casas tinham pelo menos um morador com celular no Distrito Federal

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 19/01/2012 às 9:20
Leitura:

Brasília - O Distrito Federal sai na frente das demais unidades da federação quando o assunto é acesso à telefonia celular. Segundo dados da pesquisa Situação Social nos Estados, feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em 2009, 95,7% das casas tinham pelo menos um morador com celular. Nacionalmente, esse índice era 81,1%. Oito anos antes, em 2001, a taxa brasileira era 31%.

No Distrito Federal, segundo o Ipea, as zonas urbanas e rurais rumam no sentido da equalização do provimento desse serviço. No caso da população rural, 34% têm telefone fixo e cerca de 90,5% dos domicílios dispõem de telefone celular.

Já com relação ao acesso à internet, apenas 28,1% da população brasileira tinha acesso a esse serviço em 2009.

Apesar da velocidade de expansão do acesso nos últimos anos, a população rural ainda está distante dos benefícios desse processo, afirma o estudo. As diferenças regionais são intensas e, no Distrito Federal, a internet no domicílio ainda é para poucos: taxa de acesso para a população urbana é de 55,6% e, para a rural, de 22,6%.

No Distrito Federal, acessos adequados a abastecimento de água estão além da média nacional, segundo a pesquisa do Ipea. Durante o período abordado no estudo, a água encanada no Brasil aumentou sua cobertura, passando de 81,4%, em 2001, para 87,7%, em 2009.

O Distrito Federal apresenta trajetória superior à média nacional, com cerca de 2,4% de sua população vivendo sem esse atendimento em 2009. Na zona rural, o percentual de cobertura era de 95,3% em 2009.

Com relação à energia elétrica, o Ipea diz que o Distrito Federal está em melhor situação do que o Centro-Oeste e o Brasil. Esse serviço se encontra praticamente universalizado desde o início do período 2001-2009, inclusive na zona rural.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias