aposentadoria

Cobertura previdenciária alcança 83,6% dos idosos brasileiros, diz ministério

Os vínculos empregatícios no País aumentaram de 24,3 milhões, em dezembro de 2003, para 37,5 milhões em dezembro de 2010

Davi Barboza
Davi Barboza
Publicado em 07/03/2012 às 12:30
Leitura:

BRASÍLIA - A proteção aos idosos do país, por meio da Previdência Social, chega a 83,6% dos 20,6 milhões de brasileiros que têm mais de 60 anos. Entre as mulheres a cobertura é de 84,2% - maior que a dos homens, de 81,9%. Segundo dados do Anuário Estatístico de Previdência Social (AEPS), divulgados nesta quarta-feira (7), 17,2 milhões idosos são beneficiários da Previdência.

A cobertura é ainda maior para a população acima de 65 anos de idade, atingindo 94,8% de um contingente de 14,1 milhões de pessoas, de acordo com o Ministério da Previdência Social. Desse total, 3,4 milhões são beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Segundo o ministério, o Brasil é um dos país que oferece maior nível de proteção social à população idosa em toda a América Latina.
 
O número de trabalhadores que contribuem para a Previdência Social também tem crescido. Os vínculos empregatícios no País aumentaram de 24,3 milhões, em dezembro de 2003, para 37,5 milhões em dezembro de 2010, com  alta acumulada de 54,3%.

Segundo o anuário estatístico, em sete anos houve aumento de 51,1% no número de contribuintes (pessoas físicas) que aderiram à Previdência e pagaram pelo menos uma contribuição por ano. De 39,9 milhões, em 2003, o número subiu para 60,2 milhões, em 2010 – um aumento de 20,4 milhões de pessoas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias