Operação Maré Vermelha

Receita aumenta fiscalização sobre produtos importados

Objetivo é diminuir o volume de contrabandos das importações que chegam ao Brasil

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 19/03/2012 às 22:31
Leitura:

A Receita Federal aumentou nesta segunda-feira (19) a fiscalização em importações que chegam ao Brasil para diminuir o volume de contrabandos, pirataria e fraudes em operações de comércio exterior. A Operação Maré Vermelha deixa mais rigorosa as operações de entradas de produtos no País, de acordo com o governo.

A operação deve impedir o subfaturamento de produtos que adentram no Brasil, com a utilização de classificação fiscal falsa, por exemplo. Com mais fiscalização e consequente aumento no número de apreensões e multas, a Receita espera a ação de fraudadores diminua. Segundo a entidade, isso deve diminuir a concorrência desleal com a produção interna.

De acordo com a Receita, os setores considerados de maior interesse da economia brasileira, como roupas, calçados, brinquedos, acessórios e eletroeletrônicos, terão os novos parâmetros de importação. O governo não anunciou prazo para o fim da operação, considerada a maior da história.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias