IBGE

Preços ao produtor sobem em 14 setores em novembro

Alimentos e refino de petróleo puxaram aumento global

Marina Barbosa
Marina Barbosa
Publicado em 03/01/2013 às 10:08
Leitura:

Em novembro de 2012, 14 das 23 atividades da indústria da transformação pesquisadas pelo Índice de Preços ao Produtor (IPP) apresentaram aumento de preços, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em outubro, 13 atividades tinham registrado alta.

As quatro maiores variações de novembro em relação a outubro foram nos setores de madeira (1,96%), fabricação de máquinas e equipamentos (1,44%) e fumo (1,32%). Já as maiores contribuições para a taxa global foram dos alimentos (0,12 ponto porcentual), refino de petróleo e produtos de álcool (0,07 ponto porcentual) e fabricação de máquinas e equipamentos (0,06 ponto porcentual).

A principal variação negativa foi da atividade de perfumaria, sabões e produtos de limpeza (-1,92%), enquanto o principal impacto para baixo no índice foi de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-0,03 ponto porcentual).

O IPP mede a evolução dos preços de produtos "na porta de fábrica", sem impostos e fretes.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias