receita federal

Sistemas de informação dos portos iniciam unificação

De acordo com a Receita, a integração acarretará alterações mínimas de procedimentos nos sistemas

Vanessa Araújo
Vanessa Araújo
Publicado em 26/08/2013 às 21:03
Leitura:

A Receita Federal anunciou nesta segunda-feira, 26, que entra em funcionamento nesta terça-feira, 27, o primeiro nível de integração dos sistemas de informações referentes a cargas do Fisco, do Departamento de Marinha Mercante (DMM) e da Secretaria de Portos (SEP) da Presidência da República.

Dessa forma, a entrada de dados dos sistemas Mercante e Porto Sem Papel (PSP) será unificada e as informações relativas a cargas (Manifestos, Conhecimentos e itens), que são registradas pelas agências de navegação, serão informadas uma única vez no Siscomex Mercante, que permanece como ponto de entrada. Essa novidade integra o Projeto Porto Sem Papel, destaca a Receita, em nota.

Antes da integração, as informações de cargas eram enviadas em duplicidade para o Sistema Mercante e para o PSP. A Receita alerta que esse procedimento poderá continuar sendo usado durante um breve período de transição, permitindo que as agências de navegação possam adaptar os sistemas.

A implementação das medidas e definição do cronograma está sendo conduzida pela Comissão Nacional das Autoridades nos Portos (Conaportos). De acordo com a Receita, a integração acarretará alterações mínimas de procedimentos nos sistemas e não implicará em mudanças nos procedimentos da Receita relativos ao controle de carga efetuado no Siscomex Carga.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias