estudo

BC: preço de commodities tem baixa de 2,67% em outubro

Em maio ante abril, o índice subiu 0,55%. No ano, o índice do BC acumula baixa de 2,07% e, em 12 meses, certa estabilidade (0,05%)

Ulysses Gadêlha
Ulysses Gadêlha
Publicado em 06/11/2013 às 14:34
Leitura:

O Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br), que mede o preço dos produtos básicos que mais afetam a inflação no Brasil, registrou baixa de 2,67% em outubro ante o mês anterior. Com essa nova redução, o recorde do IC-Br da série histórica segue com a pontuação de agosto - 142,27 pontos. 

Em setembro, o índice tinha apresentado queda de 2,82% após quatro meses de alta. Em agosto ante julho, o avanço foi de 3 77%; em julho ante junho, de 2,27% e, em junho ante maio, a alta havia sido de 5,34%. Em maio ante abril, o índice subiu 0,55%. No ano, o índice do BC acumula baixa de 2,07% e, em 12 meses, certa estabilidade (0,05%). 

No mês passado, houve queda de 2,83% no segmento agropecuário, que inclui itens como carne de boi, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco, entre outros. O grupo energia registrou deflação de 2,78% na comparação mensal. Nesse segmento, estão incluídos preços de petróleo, gás natural e carvão. O preço de metais, entre eles alumínio e minério de ferro, tiveram retração de 2,03% na mesma comparação.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias