LOCOMOÇÃO

Uber começa a operar em Caruaru nesta sexta-feira

Aplicativo estará disponível a partir das 14h

Editoria de Economia
Editoria de Economia
Publicado em 04/05/2017 às 17:15
Foto: Uber/Divulgação
Aplicativo estará disponível a partir das 14h - FOTO: Foto: Uber/Divulgação
Leitura:

O aplicativo Uber começa a funcionar em Caruaru na próxima sexta-feira (5), às 14h. O município será a 53ª cidade no Brasil onde o serviço de transporte particular passará a atuar.

A informação foi confirmada pela assessoria da plataforma e divulgada em um vídeo que conta com a participação dos cantores caruaruenses Petrúcio Amorim e Valdir Santos. "A Uber pretende ser parte da cidade, oferecendo à população uma alternativa acessível, moderna e eficiente, para que os caruaruenses vivam ainda mais a cidade", declarou a empresa.

Um grupo de caruaruenses criou uma página no Facebook reivindicando a chegada do aplicativo ao município. Intitulada 'Queremos Uber em Caruaru', a página conta com 346 seguidores.

Como funciona

Os preços do uberX em Caruaru serão R$ 2 (preço base) + R$ 1 por quilômetro + R$ 0,15 por minuto. O preço mínimo e a taxa de cancelamento custam R$ 6. Já o custo fixo é de R$ 0,75. O serviço conecta os usuários a um motorista particular cadastrado. A uberX aceita veículos de modelo 2008 ou mais novo, com quatro portas, ar-condicionado e cinco lugares.

Para solicitar um carro, é necessário baixar o aplicativo no celular e criar uma conta. Na ferramenta, o usuário aponta no mapa ou escreve o endereço em que está para que o motorista o encontre. O app pode ser baixado nos celulares com sistemas operacionais IOS e Android. Os novos usuários que adicionarem o código promocional CAPITALDOFORRO ganharão um desconto de R$ 20 na primeira viagem (válido até 31 de julho deste ano).

Polêmica

A Uber promete viagens com preços até 40% mais acessíveis, mas pode enfrentar problemas em Caruaru. A implantação do serviço na cidade foi tema de uma audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores, realizada no dia 17 de março.

Durante duas horas o debate foi intenso sobre o tema, envolvendo taxistas, interessados em se tornar condutores e representantes de sindicatos, com opiniões a favor e contrárias ao funcionamento do sistema.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias