SINDIGÁS

Petrobras reajustará preço do GLP industrial entre 6,3% e 6,9%

Em nota, o Sindigás diz que o aumento é preocupante

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 15/08/2017 às 17:14
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Em nota, o Sindigás diz que o aumento é preocupante - FOTO: Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Leitura:

O Sindigás informou que suas empresas associadas foram comunicadas nesta terça-feira (15), à tarde, pela Petrobras sobre o reajuste do preço do GLP industrial (para embalagens acima de 13 quilos), válido a partir da 0h da quarta-feira, dia 16 de agosto, nas unidades da petroleira. De acordo com as informações que as distribuidoras receberam da Petrobras, o aumento de preço será entre 6,3% a 6,9%, dependendo do polo de suprimento.

Em nota, o Sindigás diz que o aumento do GLP para embalagens que atendem o comércio e a indústria é preocupante, pois afasta ainda mais o preço interno dos valores praticados no mercado internacional, impactando justamente setores que precisam reduzir custos.

Com o aumento de preços, a contar a partir desta quarta-feira (16), o Sindigás calcula que o valor do produto destinado a embalagens maiores que 13 quilos ficará 39,2% acima da paridade de importação.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias