MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS

Ministério do Trabalho libera R$ 12,5 milhões para manutenção do Sine

Em 2017, o ministério disponibilizou mais de R$ 13,5 milhões para o Sine, contemplando os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul

ABr
ABr
Publicado em 11/09/2017 às 22:49
Foto: Reprodução/Internet
Em 2017, o ministério disponibilizou mais de R$ 13,5 milhões para o Sine, contemplando os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul - FOTO: Foto: Reprodução/Internet
Leitura:

O Ministério do Trabalho vai liberar em setembro R$ 12,5 milhões para manutenção do Sistema Nacional de Emprego (Sine) nos estados do Paraná e de Goiás e no município de Campina Grande (PB). O recurso será utilizado para garantir serviços como a intermediação de mão de obra e o acesso ao programa do Seguro-Desemprego.

Em 2017, o ministério disponibilizou mais de R$ 13,5 milhões para o Sine, contemplando os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul e os municípios de Londrina (PR), Contagem (MG), e a capital fluminense.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse que apesar dos reajustes nas contas públicas, não se pode medir esforços para oferecer um serviço de excelência aos trabalhadores.

Convênios

Os repasses de recursos são feitos a partir de convênios firmados entre o Ministério do Trabalho, estados e municípios.

O Sine tem mais de 2 mil unidades de atendimento espalhadas por todo o país e foi desenvolvido pelo Banco Nacional de Empregos para contribuir com o mercado de trabalho. O sistema tem 8 milhões de currículos cadastrados.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias