Pré-candidato

Alckmin sinaliza que manteria diretoria atual do Banco Central

Ao falar sobre a crise brasileira, o governador de São Paulo disse que a dificuldade é sobretudo fiscal

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 26/02/2018 às 2:29
Foto: Rovena Rosa/ABr
Ao falar sobre a crise brasileira, o governador de São Paulo disse que a dificuldade é sobretudo fiscal - FOTO: Foto: Rovena Rosa/ABr
Leitura:

O governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin (PSDB), fez elogios ao atual presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, durante entrevista para o Canal Livre, da Band, transmitida na madrugada desta segunda-feira, 26.

Questão fiscal

Ao falar sobre a questão fiscal brasileira, Alckmin sinalizou que estaria disposto a manter a atual diretoria da instituição. "Eu até manteria essa diretoria. Acho que o Ilan é um cara muito bom", disse.

Ao falar sobre a crise brasileira, o governador de São Paulo disse que a dificuldade é sobretudo fiscal. "Não é possível essa gastação de dinheiro público", defendeu. "Eu entendo que o nosso problema macroeconômico é uma boa política fiscal."

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias