IMPOSTO

Brasil lidera ranking de tributação a PMEs de 11 países

Dos resultados brasileiros, apenas se aproxima a Espanha, país em segundo lugar no ranking, mas com dez pontos percentuais de diferença

Da Editoria de Economia
Da Editoria de Economia
Publicado em 24/07/2018 às 7:00
Foto: Daniel Isaia/Agência Brasil
Dos resultados brasileiros, apenas se aproxima a Espanha, país em segundo lugar no ranking, mas com dez pontos percentuais de diferença - FOTO: Foto: Daniel Isaia/Agência Brasil
Leitura:

Com o comprometimento de 65% do lucro em impostos, as microempresas brasileiras com menos de cinco anos no mercado são as mais oneradas em um universo que contempla onze países, de acordo com pesquisa realizada pela multinacional Sage. O estudo também aborda a alta complexidade tributária do País, já que as microempresas brasileiras gastam, em média, 14,5 dias por ano em contabilidade relacionada a tributos.

Dos resultados brasileiros, apenas se aproxima a Espanha, país em segundo lugar no ranking, mas com dez pontos percentuais de diferença em relação ao comprometimento das companhias com taxação. “O grande problema do Brasil é que a complexidade tributária não é uma exclusividade da empresa maior. Ela atinge desde a micro. Os grandes negócios conseguem ter um impacto menor, mas os pequenos sofrem mais. Mesmo com o sistema Simples de tributação, que permite aos pequenos pagar os principais impostos num boleto só, ainda assim deveríamos ter estímulos para essa empresa que acaba de nascer”, diz o diretor do segmento PME da Sage Brasil, Alexandre Wyllie.

Redução

Para tentar reduzir o tempo perdido com a contabilidade, a tecnologia é outro fator fundamental. “A forma de diminuir o peso da burocracia entre os pequenos negócios foi reunir contadores e empresas em uma única base virtual de dados. Com isso, geramos um ganho de produtividade de até 70% para os negócios”, diz o gerente sênior do sistema de gestão empresarial ContaAzul, Erico Azevedo.

O estudo da Sage analisou o impacto dos impostos em mais de 3 mil companhias na Inglaterra, África do Sul, França, Irlanda, Austrália, Canadá, Singapura, Espanha, EUA, Alemanha e Brasil.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias