CRÉDITO

Veja a porcentagem que você poderá sacar caso o FGTS seja liberado

Ministério da Economia estuda permitir a trabalhadores o saque de até 35% do recursos de contas ativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)

JC Online
JC Online
Publicado em 17/07/2019 às 12:00
Notícia
Foto: Divulgação
Ministério da Economia estuda permitir a trabalhadores o saque de até 35% do recursos de contas ativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O Ministério da Economia estuda permitir a trabalhadores o saque de até 35% do recursos de contas ativas, ou seja, dos contratos de empregos atuais, no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). 

De acordo com fontes que participaram da última reunião do Ministério, a autorização dos saques será feita da seguinte forma: para quem tem até R$ 5 mil no FGTS, teriam autorização para sacar 35% do saldo; trabalhadores com até R$ 10 mil no fundo poderiam pegar 30%; Ainda não foi definido o percentual permitido de saque para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 50 mil no FGTS. Para quem tem acima de R$ 50 mil, o trabalhador só poderia sacar 10% do saldo total.

A liberação seria feita pela data do aniversário. Já aqueles que já fizeram aniversário este ano, teriam direito ao benefício assim que for autorizado.

Trabalhador demitido 

O governo também estuda limitar o saque da totalidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores demitidos sem justa causa. Hoje, quem é demitido sem justa causa pode retirar toda a verba que tem no fundo, com rendimentos, além de uma multa de 40% sobre esse valor. 

Segundo as fontes, que pediram anonimato, a ideia de limitar ou impedir o saque na demissão por justa causa é uma ideia que está sendo discutida. A medida também acabaria com falsos acordos entre empresas e trabalhadores de demissão nesta condição apenas para permitir o saque do FGTS ao empregado.

Entenda

Visando injetar R$ 42 bilhões na economia do país ao aumentar o poder de compra e, assim, atingir a projeção de crescimento de 0,81% no PIB, o Ministério da Economia estuda permitir a trabalhadores o saque de até 35% do recursos de contas ativas, ou seja, dos contratos de empregos atuais, no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). 

Junto com a liberação de fundos do FGTS, haverá também mais uma rodada de saques do PIS/Pasep.

Confira seu saldo

Consulte seu extrato do FGTS pelo site oficial do programa.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias