Políticas regionais

Rogério Marinho é empossado como ministro do Desenvolvimento Regional

Expectativa é que o novo comandante da pasta alavanque programas sociais de impacto regional

Adriana Guarda
Adriana Guarda
Publicado em 11/02/2020 às 15:40
Notícia
Foto: Planalto/Divulgação
Expectativa é que o novo comandante da pasta alavanque programas sociais de impacto regional - FOTO: Foto: Planalto/Divulgação
Leitura:

O ex-deputado federal Rogério Marinho foi empossado na tarde desta terça-feira (11) pelo presidente Jair Bolsonaro como o novo ministro do Desenvolvimento Regional. A cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, foi prestigiada pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), DiasToffoli.

Ex-secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Marinho assumiu o ministério na vaga de Gustavo Canuto, que ocupará o cargo de presidente do Dataprev, no segundo escalão do governo.

Em seu discurso, o presidente elogiou Marinho – junto com Maia e Alcolumbre - pela aprovação da reforma da Previdência. “A nossa economia realmente começou a recuperar a sua confiança dentro e fora do Brasil”, afirmou. Bolsonaro também elogiou o trabalho de Marinho como relator da reforma trabalhista proposta por Temer. “Em parte, devemos a ele a taxa de desemprego não ter explodido”, ponderou.

Pedindo apoio dos setores da economia para exercer a função, Marinho disse que fará seu melhor. “Vou dar o melhor de mim, sobretudo, para buscar construir pontes, estabelecer e consolidar relações, porque não vamos a lugar nenhum se formos caminhar sós. Nossa missão é a de corrigir desigualdades regionais para permitir que os irmãos brasileiros tenham igualdade de oportunidade", disse.

NORDESTE

Criado pelo governo Bolsonaro a partir da união dos antigos ministérios das Cidades e da Integração Regional, a pasta tem relação direta com o Nordeste, porque é responsável por programas de interesse da região para reduzir as desigualdades, a exemplo do Minha Casa Minha Vida e de obras de infraestrutura em recursos hídricos. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias