Japão

Azumi fiscalizará câmbio após eleições na União Europeia

Ministro das Finanças japonês ficará responsável pelos movimentos cambiais especulativos no mercado europeu

Milton Raulino
Milton Raulino
Publicado em 07/05/2012 às 7:57
Leitura:

O ministro das Finanças do Japão, Jun Azumi, disse nesta segunda-feira (7) que acompanhará de perto e "responderá apropriadamente" a todos os movimentos cambiais especulativas no mercado, após as eleições na Europa, no fim de semana, terem intensificado a aversão ao risco global.

No domingo (6), François Hollande derrotou Nicolas Sarkozy e se tornou o primeiro presidente socialista da França em quase duas décadas. Ao mesmo tempo, eleitores gregos rejeitaram partidos históricos e deram apoio a legendas menores, de esquerda e de direita, que fizeram campanha contra o programa de austeridade - necessário para que o país continue recebendo ajuda de seus parceiros europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI). As informações são da Dow Jones.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias